Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Pré-Olímpico: vitória na próxima rodada garante a Seleção no quadrangular final

Jogo contra o Equador será na segunda-feira (29), às 17h (de Brasília), em Caracas; rivais lideram o Grupo A com um jogo a mais

Jogadores da Seleção Brasileira Sub-23 comemoram gol de Endrick contra a Colômbia, pelo Pré-Olímpico

Jogadores da Seleção Brasileira Sub-23 comemoram gol de Endrick contra a Colômbia, pelo Pré-Olímpico

Joilson Marconne/CBF

A Seleção Brasileira Sub-23 está a uma vitória de garantir a vaga no quadrangular final do Torneio Pré-Olímpico, disputado na Venezuela. Dois times da América do Sul vão aos Jogos Olímpicos de Paris, em meados de 2024, no futebol masculino.

Com os triunfos sobre a Bolívia, 1 a 0 na terça-feira (23), e Colômbia, 2 a 0 nesta sexta-feira (26), o time comandado por Ramon Menezes avança à fase decisiva se bater o Equador na próxima segunda-feira (29), com uma rodada de antecedência. O jogo será no estádio Brígido Iriarte, em Caracas, às 17h (de Brasília).

Os equatorianos lideram o Grupo A com sete pontos, mas em três partidas. O Brasil tem seis, a Venezuela dois, a Bolívia um e a Colômbia zero, praticamente sem chance de classificação. Apenas os dois primeiros avançam para o quadrangular decisivo. O Brasil ainda joga dia 1º de fevereiro contra a Venezuela.

Nesta sexta, novamente a Seleção Brasileira Sub-23 não fez uma boa partida, e novamente as duas estrelas do time decidiram. Dessa vez cada um fez o seu gol: primeiro Endrick e, depois, John Kennedy.

Formato

O Grupo B tem Argentina e Paraguai com quatro pontos, o Peru com três, em dois jogos, e Chile e Uruguai sem pontuar, mas entrando em campo apenas uma vez cada.

As dez Seleções foram divididas em dois grupos de cinco. Os times se enfrentam dentro das chaves, com quatro partidas para cada. Os dois primeiros colocados se classificam para a fase final.

No quadrangular decisivo, os quatro times se enfrentam e os dois melhores colocados se garantem na Olimpíada de Paris.

Leia Também

Participe do canal da Itatiaia no Whatsapp e receba as principais notícias do dia direto no seu celular. Clique aqui e se inscreva.

Formado em jornalismo pela PUC-Campinas em 2000, trabalhou como repórter e editor no Diário Lance, como repórter no GE.com, Jornal da Tarde (Estadão), Portal IG, como repórter e colunista (Painel FC) na Folha de S. Paulo e manteve uma coluna no portal UOL. Cobriu in loco três Copas do Mundo, quatro Copas América, uma Olimpíada, Pan-Americano, Copa das Confederações, Mundial de Clubes, Eliminatórias e finais de diversos campeonatos.
Leia mais