Ouvindo...

Times

Argentina venceu o Brasil nos dois últimos jogos no Maracanã; relembre

Nos últimos 40 anos, rivais só se enfrentaram no estádio icônico por quatro vezes; na história a Seleção Brasileira ganhou mais

Brasil e Argentina vão se enfrentar pela primeira vez no icônico estádio do Maracanã, no Rio, pelas Eliminatórias. Confronto será nesta terça-feira (21), às 21h30 (de Brasília), pela sexta rodada do torneio que classificará para a Copa do Mundo de 2026, que será na América do Norte (EUA, México e Canadá).

Nos últimos 40 anos, Brasil e Argentina só jogaram quatro vezes no Maracanã, com vantagem para os argentinos. Os dois últimos encontros, em 1998 e em 2021, foram vitórias dos vizinhos. Na história foram 13 partidas, com oito triunfos dos donos da casa, três dos visitantes e dois empates.

Todos os Brasil x Argentina no Maracanã:
  • 2021 - Copa América - 0x1

  • 1998 - Amistoso - 0x1

  • 1989 - Copa América - 2x0

  • 1983 - Copa América - 0x0

  • 1979 - Copa América - 2x1

  • 1976 - Taça Atlântico - 2x0

  • 1970 - Amistoso - 2x1

  • 1968 - Amistoso- 4x1

  • 1965 - Amistoso- 0x0

  • 1964 - Amistoso- 3x0

  • 1963 - Copa Roca - 5x2

  • 1960 - Taça Atlântico - 5x1

  • 1957 - Copa Roca - 1x2

Estreia de Pelé

O Maracanã foi inaugurado para a Copa do Mundo de 1950, que não teve a participação da Argentina. O primeiro confronto entre as seleções no estádio foi em 1957, pela Copa Roca, o Supeclássico entre os rivais, que valia um troféu e que começou em 1914.

O Brasil perdeu por 2 a 1. Mas o jogo foi histórico não apenas por ser o primeiro Brasil x Argentina no Maracanã, mas porque foi a estreia de Pelé pela Seleção Brasileira. Com apenas 16 anos, ele marcou também seu primeiro gol com a amarelinha.

Brasil domina

Depois dessa partida a Seleção emendou vários triunfos sobre os argentinos no Maracanã, em amistosos, torneios “mano a mano” ou pela Copa América quando a competição não tinha uma sede fixa e os times jogavam em casa e fora.

Em 1979, um jovem Diego Maradona enfrentou a Seleção Brasileira de Zico pela Copa América, e perdeu por 2 a 1. Em 1989, o Brasil venceu por 2 a 0, também pelo torneio continental, na campanha que acabaria com um jejum de 40 anos sem essa taça.

Só da Argentina

Mas nas duas últimas vezes que brasileiros e argentinos se encontraram no Maracanã, as vitórias foram dos visitantes.

Em 1998, na despedida da Seleção Brasileira do país antes da Copa daquele ano, na França, Cláudio Lopes fez o gol. No Mundial, o Brasil chegaria mais longe, perdendo a final para a França, enquanto os “hermanos” pararam na Holanda, nas quartas de final.

O gol de Dí Maria, na final da Copa América de 2021, deu a Lionel Messi seu primeiro título com a sua Seleção naquela Copa América. O Brasil recebeu o torneio de última hora, já que Argentina e Colômbia desistiram de ser sede. Pouco mais de um ano depois, Messi também ganharia a Copa do Mundo, no Catar.

Formado em jornalismo pela PUC-Campinas em 2000, trabalhou como repórter e editor no Diário Lance, como repórter no GE.com, Jornal da Tarde (Estadão), Portal IG, como repórter e colunista (Painel FC) na Folha de S. Paulo e manteve uma coluna no portal UOL. Cobriu in loco três Copas do Mundo, quatro Copas América, uma Olimpíada, Pan-Americano, Copa das Confederações, Mundial de Clubes, Eliminatórias e finais de diversos campeonatos.
Leia mais