Ouvindo...

Times

Venda de ingressos para Brasil x Argentina está travada; entenda motivo

Mesmo sem o início das vendas e contrato de cessão do estádio, o jogo está mantido no Maracanã

Brasil e Argentina se enfrentam na próxima terça-feira (21), às 21h30 (de Brasília), no Maracanã, em duelo que pode marcar a última partida de Lionel Messi no país. Será também o primeiro confronto entre os rivais desde o tricampeonato mundial argentino no Catar, em dezembro. Apesar disso, os torcedores ainda não conseguem adquirir os ingressos para a partida válida pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2026. O motivo é uma questão jurídica entre a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e a concessão do estádio, mas as vendas podem ser iniciadas já nas próximas horas.

É a segunda vez em um mês que a entidade está envolvida em negociações - neste caso, diretamente e com trâmites legais - com a gestão do Maracanã. Em outubro, a CBF atuou, junto a Flamengo e Fluminense, nas discussões com a Conmebol para que a final da Libertadores fosse mantida no Rio de Janeiro. O clube rubro-negro queria disputar partida contra o Red Bull Bragantino no estádio uma semana antes da decisão, enquanto a entidade sul-americana exigia que o Maracanã já estivesse à sua disposição.

No caso do duelo com a Argentina, não há o risco de que o local da partida seja alterado. Mesmo sem o início das vendas e contrato de cessão do estádio, o jogo está mantido no Maracanã. Nesta segunda-feira, houve reuniões de planejamento, que envolvem questões de segurança e logística, para a realização da partida. Já há um acordo entre as partes, mas o contrato de locação do estádio ainda não foi firmado.

Segundo fontes ouvidas pelo Estadão, o atraso da comercialização dos ingressos se deve única e exclusivamente a questões contratuais. A CBF se preocupa que os documentos estejam devidamente assinados para que não haja impactos jurídicos no futuro. É uma questão que se solucionará em breve - a venda pode ser, inclusive, iniciada já nesta terça-feira, nas próximas horas.

O Maracanã foi escolhido como palco da partida neste ano. Será o primeiro duelo entre as equipes no local desde a final da Copa América de 2021, com público reduzido por causa da pandemia da covid-19, que terminou no primeiro título de Messi pela seleção argentina. Deveria ocorrer ainda outro encontro das seleções em 2021, pelas Eliminatórias da Copa de 2022, mas a partida foi suspensa pela Anvisa. Ela chegou a ser remarcada para junho do ano seguinte, mas foi cancelada.

*Com Agências

A Rádio de Minas. Tudo sobre o futebol mineiro, política, economia e informações de todo o Estado. A Itatiaia dá notícia de tudo.
Leia mais