Ouvindo...

Times

Lucas abre jogo sobre lesões e fala sobre mudanças no São Paulo

Atacante diz que já adaptou dieta e também avalia que deve acontecer alteração em treinos

Após sofrer três lesões musculares na coxa esquerda desde o retorno ao São Paulo, em agosto do ano passado, o atacante Lucas admite a necessidade de mudar a rotina para evitar novos retornos ao departamento médico. O jogador alterou a dieta e abriu o jogo ao dizer que a metodologia de treino também precisa de ajustes.

Lucas passou 11 anos na Europa e diz que não enfrentou problemas físicos com tanta recorrência, como aconteceu no Tricolor. Depois da volta à equipe, na semana passada, durante o empate em 0 a 0 com Barcelona-EQU, pela Copa Libertadores, o jogador demonstrou certo incômodo com comentários de que não consegue ter sequência.

“Estou me sentindo muito bem, com 31 anos ainda, muito jovem para um atleta de futebol ainda mais hoje em dia. Acabei vendo alguns comentários que são inevitáveis de não ver. Eu procuro ficar longe de redes sociais, mesmo os positivos, prefiro focar no meu jogo, mas, às vezes, é inevitável ver alguns”, disse.

“Nunca tive lesão na minha carreira. São quase 11 anos na Europa e tive pouquíssimas lesões, vim me machucar mais aqui no São Paulo mesmo”, acrescentou.

Mudanças na dieta e nos treinos

Com esse cenário, Lucas revelou que adaptou a dieta, mas também observa a necessidade de ajustes nos treinamentos.

“Talvez, a gente precisa adaptar alguma coisa. Lá (na Europa), a metodologia de treino era outra. Talvez, treinar um pouco mais força, a gente tem que discutir isto lá (no clube)”, disse.

“Aqui, são mais viagens, são mais jogos, campos mais pesados, o clima é outro então a gente tem que adaptar, a dieta inclusive, que eu já mudei, estou comendo um pouco mais agora”, acrescentou.

Futuro sem lesões?

Na expectativa de que as mudanças surtam efeito, Lucas também se mostrou otimista e espera ter virado a página após a sequência de lesões no São Paulo.

“Enfim, eu me sinto muito bem agora. A lesão faz parte da carreira do atleta. Eu fiquei um pouco afastado. Voltei de lesão após o jogo contra o Corinthians, joguei cinco jogos direto. Aí, a gente parou depois do Novorizontino, quase 20 dias, e, contra o Talleres, eu machuquei”, afirmou.

“Enfim, são coisas que acontecem, faz parte e todo jogador está sujeito a isto. É continuar trabalhando e se Deus quiser esta temporada não ter mais lesão”, concluiu.

Leia também


Participe dos canais do Itatiaia Esporte:

Brenno Costa é jornalista multimídia formado pela Universidade Católica de Pernambuco e pós-graduado em comunicação e marketing pela Estácio. Atualmente, é correspondente da Itatiaia em São Paulo. Antes, trabalhou na Folha de Pernambuco, Diario de Pernambuco/Superesportes e no Globo Esporte.
Leia mais