Ouvindo...

Times

Zagueiro do Inter, Mercado ajuda na distribuição de doações no Rio Grande do Sul

Zagueiro argentino da equipe gaúcha fez um apelo para que outros atletas também possam ajudar pessoas afetadas pelas fortes chuvas

Assim como o goleiro Sergio Rochet, o zagueiro Gabriel Mercado, também do Internacional, ajuda a distribuir alimentos e produtos de higiene pessoal aos atingidos pelos temporais no Rio Grande do Sul. Aos 37 anos, o defensor argentino, que está no Colorado desde 2021, irá entregar donativos na Região Sul de Porto Alegre, considerada uma das mais afetadas pelas fortes chuvas na cidade.

À Itatiaia, Mercado também fez um apelo para que outros atletas, de Internacional ou Grêmio, também possam ajudar com doações

“Sabemos que a situação é bem crítica. Eu falei com o pessoal do clube, para tentar me colocar à disposição. Sei que podemos fazer muitas coisas, incentivar outros colegas, companheiros, não só do Inter, como do Grêmio também. Podemos ajudar. Agora, vamos à zona Sul, que está bem comprometida. Vamos tentar fazer o melhor para ajudar eles”, iniciou.

“É muito importante fazermos nossa parte, que possamos ajudar. Nem que seja um pouquinho. Tem muita gente envolvida nisso. Todo mundo sabe. Por mais que sejamos jogadores profissionais, não ficamos isentos a essa situação. Vamos tentar incentivar as pessoas, para tentar ajudar os mais necessitados”, prosseguiu.

Mercado também acrescenta que nunca havia visto uma situação igual em toda sua carreira do futebol. Cabe ressaltar que, no ano passado, fortes chuvas também atingiram o Rio Grande do Sul.

“A realidade é que não (tinha visto algo parecido). O mais próximo foi o que aconteceu no ano passado. Agora, parece que a situação só piora. A gente fica muito preocupado. Parece que a situação é pior. E só piora. Ficamos muito preocupados. Teremos a empatia de se colocar no lugar das pessoas que estão sofrendo. Vamos tentar ajudar”, finalizou.

Após a CBF optar pela decisão de adiar todos os jogos envolvendo equipes gaúchas até a próxima segunda-feira (6), Internacional, Grêmio, Juventude e Caxias convocam os seus torcedores para se unir em solidariedade. Confira as ações promovidas pelos clubes e saiba como ajudar:

Internacional

A partir desta quinta-feira (2) até o dia 11, das 8h às 18h, o Colorado promove a entrega de donativos que será realizada no Portão 1 do Gigantinho. Serão arrecadados alimentos, itens de higiene pessoal e de limpeza e roupas. A iniciativa ocorre em parceria com o Banco de Alimentos.

  • Endereço: Av. Padre Cacique, 891 Porto Alegre, RS

Grêmio

O Tricolor Gaúcho disponibiliza em suas sedes os pontos de coleta para as doações de roupas, alimentos não perecíveis e materiais de limpeza e higiene. Confira os endereços e horários de atendimento:

  • Estádio Olímpico

Largo Patrono Fernando Kroeff, número 1
Horário: das 9h às 18h, todos os dias

  • CT do Cristal

Avenida Diário de Notícias, 915, em frente ao Barra Shopping
Das 9h às 18h, todos os dias

  • CFT Presidente Hélio Dourado

Estrada do Conde, 8500 - Sans Souci, Eldorado do Sul.
Horário: das 9h às 17h, de segunda a sexta-feira

  • CT Grêmio Futebol Feminino / Ulbra Canoas

Av. Farroupilha, 8001 - São José, Canoas - RS, 92425-020

  • Capela da Ulbra e prédio 55 (Educação Física)

Horário: das 7h às 21h30

  • Hotel Park Plaza Moinhos

R. Dr. Timóteo, 577 - Floresta, Porto Alegre

Juventude

O Juventude coloca o estádio Alfredo Jaconi e o Centro de Formação em Artes e Comunicação (CFAC) como pontos de arrecadação para doações de agasalhos, água mineral, itens de higiene e limpeza e alimentos não perecíveis. Os horários de atendimento serão das 9h ao meio-dia e das 13h30 às 18h30.

  • Endereço: R. Hércules Galló, 1547 - Centro, Caxias do Sul (Portão 2)

Caxias

O Caxias promove as doações no Estádio Centenário, em Caxias do Sul. Lá serão recebidos materiais de limpeza e de higiene, roupas e agasalhos, água e alimentos não-perecíveis, além de ração para animais.

Temporais no RS

Choveu mais de 500 mm nos últimos dias, e o valor só aumenta. As regiões mais afetadas são: Central, Vale do Rio Pardo, Metropolitana, Serra Gaúcha e Vale do Taquari. Mais de 500 mil pessoas estão sem água e há mais de 292 pontos sem luz.

De acordo com o Governo Estadual, 114 trechos em 246 rodovias foram bloqueados totalmente ou parcialmente devido às chuvas. O Rio Grande do Sul decretou estado de calamidade pública nessa quarta-feira (1º), e o governador Eduardo Leite, afirmou que esse será “o maior desastre da história do Rio Grande do Sul”.

A Marinha do Brasil enviou equipes, embarcações, aeronaves e viaturas para ajudar no resgate. A Força Aérea Brasileira enviou dois helicópteros para resgatar vítimas em cidades isoladas por causa das interdições nas rodovias, como Candelária, por exemplo.

Leia também


Participe dos canais do Itatiaia Esporte:

Jornalista pela PUC Minas, Filipe Sodré é repórter multimídia no portal Itatiaia Esporte. Antes, passou por LANCE! e Esporte News Mundo. Tem experiência na cobertura esportiva diária, além de vídeos e podcasts.
Gaúcha de Porto Alegre, Mauri Dorneles é formada em Jornalismo pela PUC-RS e trabalha como correspondente do portal Itatiaia Esporte no Sul do Brasil. Também cursou Cinema. Antes da Itatiaia, passou por Correio do Povo, Record RS, Rádio Grenal, RBS TV e Band.
Jornalista pela PUC Minas, Pedro Leite é repórter de esportes da Itatiaia. Tem experiência na cobertura diária de portais, redes sociais e jornal impresso. Apaixonado por futebol, já passou pelo Superesportes.
Leia mais