Ouvindo...

Times

Thiago Silva é recebido no Rio com festa da torcida do Fluminense

Com formação em Xerém, o zagueiro voltará a defender o Tricolor das Laranjeiras após 16 anos atuando na Europa

Reforço do Fluminense para o segundo semestre, Thiago Silva desembarcou no Rio de Janeiro, na manhã desta sexta-feira (7), e teve o primeiro contato com a torcida tricolor. Um grupo de cerca de 300 torcedores foi ao Aeroporto Internacional do Galeão, na Ilha do Governador, receber o ídolo ainda de madrugada.

Thiago Silva veio de Londres, onde defendeu o Chelsea-ING nas últimas temporadas, e chegou ao Rio de Janeiro ao lado da esposa Belle Silva e dos Isago e Iago, que, inclusive, atuam nas divisões de base dos Blues.

O Monstro, como foi apelidado em sua primeira passagem pelo Fluminense, atendeu os pedidos de fotos e autógrafos por mais de 30 minutos com os torcedores que levaram faixas, bandeiras e sinalizadores.

Ainda nesta sexta-feira (7), Thiago Silva será oficialmente apresentado pelo Fluminense no Estádio do Maracanã. Uma grande festa foi preparada pelo clube, com direito a show de pagode e expectativa de um público próximo aos 50 mil torcedores presentes.

“Não preciso convocar (para o Maracanã). Tenho certeza que estarão lá. Estava programado para chegar às 10h (de quinta), mas foi o que deu para fazer. O pessoal que tirou um tempo para estar aqui comigo é muito importante neste início”, afirmou Thiago Silva.

“Acredito que vai ser uma festa linda, como sempre a torcida do Fluminense fez. Ano passado foi lindo com a Libertadores. Espero que possamos festejar mais um título esse ano”, completou o zagueiro.

Leia também

O contrato de Thiago Silva se inicia em 1º de julho, mas ele só pode jogar a partir do dia 10, quando abre a janela de transferências e o Monstro poderá ser inscrito na Libertadores, Copa do Brasil e Brasileirão. O vínculo será até o final de 2025.

Thiago Silva é formado nas categorias de base do Fluminense, em Xerém, onde atuou dos 11 aos 18 anos de idade. Depois de rodar por alguns clubes, o Monstro retornou ao Tricolor para, enfim, defender o time profissional, entre 2006 e 2008, quando efetivamente construiu sua idolatria junto à torcida.

Na Europa, atuou por Milan, onde foi campeão da Itália e da Supertaça da Itália, pelo Paris Saint-Germain, onde empilhou títulos como os sete troféus do Campeonato Francês, e pelo Chelsea, onde conquistou a Champions League e o Mundial de Clubes.


Participe dos canais do Itatiaia Esporte:

Jornalista e correspondente da Itatiaia no Rio de Janeiro. Apaixonado por esportes, pela arquibancada e contra torcida única.
Leia mais