Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Arias pontua as dificuldades que o Fluminense vai encarar na altitude na final da Recopa

Tricolor faz o primeiro jogo diante da LDU-EQU, nesta quinta-feira (22), com 2.850 metros acima do nível do mar, em Quito

O Fluminense vai encarar a LDU-EQU, nesta quinta-feira (22), às 21h30 (de Brasília), com a altitude como outra grande rival, na final da Recopa Sul-Americana. E o meia Jhon Arias pontuou as dificuldades que o Tricolor terá pelo caminho.

Leia também

Arias lembrou que recentemente encarou a altitude pela Seleção Colombiana. O Estádio Casa Blanca, em Quito, possui 2.850 metros de altitude.

“Bom, eu joguei o ano passado com a seleção, joguei Colômbia x Equador, em Quito, e é sempre complicado jogar na atitude. A LDU e todos times que jogam na altitude sabem aproveitar essa condição climática. Na boa, nós estamos também muito bem preparados e estamos focando muito em chegar da melhor maneira possível, porque nós queremos começar ganhando lá.”, disse à ESPN.

Independente disso, Arias garantiu que a mentalidade do Fluminense é só de voltar de Quito com a vitória e vantagem para o segundo jogo da Recopa.

“A gente até agora só falou em ganhar, sabe? A gente combinou em ganhar o jogo e tentar ganhar o jogo. A gente vai com essa ambição de ganhar. Claramente que, como eu falo, não tem como eu falar sobre estar bonito, sobre estar com aquele placar, porque a gente até agora só caminhou em tentar ganhar, em fazer o nosso melhor jogo e tentar trazer a vitória aqui”, finalizou.

O duelo terá exibição exclusiva da ESPN para o Brasil. O jogo de ida será destaque do canal e da plataforma de streaming Star+ nesta quinta-feira, às 21h30. O jogo de volta está marcado para o próximo dia 29, também às 21h30 (de Brasília), mas no Maracanã, no Rio de Janeiro.

Participe do canal da Itatiaia no Whatsapp e receba as principais notícias do dia direto no seu celular. Clique aqui e se inscreva.

Jornalista esportivo desde 2006 e com passagens por Lance!, Extra e assessorias de marketing esportivo. É correspondente da Itatiaia no Rio de Janeiro. Tem pós-graduação em Jornalismo Esportivo e formação em Análise de Desempenho voltado para mercado.
Leia mais