Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Em clássico com duas viradas, Vitória vence o Bahia e segue invicto no Barradão

Jogo chegou a estar 2 a 1 para o Tricolor, mas o Rubro-Negro virou para 3 a 2 no segundo tempo; time de Rogério Ceni teve dois jogadores expulsos

Não faltou emoção para o primeiro Ba-Vi do ano. Neste domingo (18), pela 7ª rodada do Campeonato Baiano, o Vitória venceu o Bahia por 3 a 2, no Barradão, em jogo que teve duas viradas.

O time treinado por Léo Condé foi intenso desde o início e saiu na frente do placar. Os comandados de Rogério Ceni conseguiram reagir com calma ainda na etapa inicial e fizeram 2 a 1. No entanto, empurrado por sua torcida, o Leão foi avassalador no segundo tempo e garantiu a vitória. O Esquadrão teve dois expulsos: Rezende e Jean Lucas.

Com o resultado, o Vitória mantém uma invencibilidade de 17 jogos no Barradão - 14 vitórias e 3 empates desde junho do ano passado. Além disso, vai aos 13 pontos e assume a terceira colocação do Baianão.

Já o Bahia estaciona nos 13 e perde a liderança - que agora pertence à Juazeirense, com 14.

Próximos jogos

O Vitória tem um desafio importante pela Copa do Nordeste na próxima quarta-feira (21). No Barradão, o Leão vai receber o Náutico, às 19h (de Brasília), pela 4ª rodada do torneio regional.

O Bahia agora vira a chave e volta o foco para a Copa do Brasil. Também na quarta, o Esquadrão visita o Moto Clube-MA, às 20h, pela primeira fase da competição. O time tricolor tem a vantagem do empate por estar melhor colocado no Ranking Nacional de Clubes da CBF.

Pressão rubro-negra deu certo

Marcando em cima do rival desde o primeiro lance, o Vitória abriu o placar logo aos 5 minutos de jogo. Matheusinho encontrou Alerrandro na área, e o camisa 9 fez o pivô perfeito para Osvaldo. De direita, o veterano chutou forte, cruzado, e venceu Adriel.

Bahia consegue reagir

Luciano Juba acertou o travessão aos 12, em cobrança de falta, e deixou o Barradão um pouco apreensivo. Muriel só acompanhou a bola sair pela linha de fundo.

Diante da pressão do Vitória, o Bahia soube se virar com uma característica incomum: o contra-ataque. Depois que Alerrandro perdeu a bola dentro da área tricolor, o time de Rogério Ceni saiu rápido para o ataque e a bola terminou com Thaciano. Na cara do gol, o camisa 16 só teve o trabalho de mandar para o fundo das redes.

Osvaldo perde chance

Osvaldo teve grande chance de marcar o segundo aos 25 minutos da etapa inicial. Depois de escanteio afastado pela zaga, Matheusinho arrancou e deixou o camisa 11 na cara do gol. De esquerda, ele chutou a bola no rosto de Adriel.

Everton Ribeiro marca

Foi da cabeça de Everton Ribeiro que saiu a virada do Bahia. Aos 43 minutos de jogo, o meia subiu sozinho no meia da área do Vitória, após cruzamento de Juba, e estufou as redes adversárias.

Osvaldo brilha de novo

Aos 26, Rezende recebeu o segundo amarelo por falta em Zeca e foi expulso de campo. O Vitória tinha pouco mais de 20 minutos para reverter a situação no clássico.

Só precisou de cinco. Aos 31, Mateus Gonçalves deixou David Duarte na saudade e cruzou com perfeição para Osvaldo cabecear para o fundo das redes.

Virou de novo

A virada rubro-negra veio aos 38 minutos do segundo tempo. Matheusinho cobrou escanteio na primeira trave e Alerrandro cabeceou para o fundo das redes.

Sobrou tempo ainda para Jean Lucas ser expulso por entrada em Rodrigo Andrade. O Bahia terminou o jogo com dois a menos.

Vitória 3 x 2 Bahia

Vitória

Muriel; Zeca, Camutanga, Wagner Leonardo e Lucas Esteves (Patric Calmon); Dudu, Willian Oliveira (Rodrigo Andrade) e Matheusinho (Caio Vinícius); Osvaldo, Alerrandro (Daniel Jr) e Iury Castilho (Mateus Gonçalves). Técnico: Léo Condé.

Bahia

Adriel; Gilberto, Kanu, David Duarte (Victor Cuesta) e Luciano Juba; Jean Lucas, Caio Alexandre (Ademir/Gabriel Xavier), Thaciano (Rezende), Cauly (Cicinho) e Everton Ribeiro (Yago Felipe); Ademir (Biel). Técnico: Rogério Ceni.

Gols

Osvaldo (5min1ºT e 31min2ºT) e Alerrandro (38min2ºT), do Vitória

Thaciano (25 min1ºT) e Everton Ribeiro (43min1ºT), do Bahia

Cartões amarelos

Camutanga, Dudu, Osvaldo e Wagner Leonardo (Vitória); David Duarte e Rezende (Bahia)

Cartões vermelhos

Rezende e Jean Lucas (Bahia)

Público: 30.793 pessoas

Renda: R$ 922.606,00

Motivo: 7ª rodada da 1ª fase do Campeonato Baiano

Data: 18 de fevereiro de 2024 (domingo), às 21h30 (de Brasília)

Local: Estádio Barradão, em Salvador (BA)

Árbitro: Diego Pombo Lopez

Auxiliares: Alessandro Álvaro Rocha de Matos e Luanderson Lima dos Santos (FIFA)

Leia também

Participe do canal da Itatiaia no Whatsapp e receba as principais notícias do dia direto no seu celular. Clique aqui e se inscreva.

Nuno Krause é correspondente da Itatiaia na região Nordeste. Formado pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), acumula passagens por Bahia Notícias, Jornal A TARDE e Rádio Salvador FM. Atua no jornalismo esportivo desde 2019.
Leia mais