Ouvindo...

Times

Flamengo vence São Paulo, lidera Brasileiro e coloca Carpini na berlinda de vez

Rubro-Negro vence com autoridade no Maracanã, pela Série A, por 2 a 1, em confronto que deve marcar a demissão do técnico são-paulino

O Flamengo venceu o São Paulo, nesta quarta-feira (17), no Maracanã, por 2 a 1, pela segunda rodada da Série A do Campeonato Brasileiro, em partida que pode ter sido a última de Thiago Carpini no comando da equipe paulista.

Com gols de Luiz Araújo e Pedro, o Rubro-Negro manteve os 100% de aproveitamento na competição, e de quebra, assumiu a liderança do Brasileirão após 115 rodadas sem estar no topo, somando as últimas edições. Ferreira descontou para os paulistas.

Já o São Paulo segue sem pontuar em dois jogos e afunda em uma crise, que tende a culminar com a demissão de Thiago Carpini do comando técnico.

Leia também

Adeus, Carpini?

Se a diretoria contava com um resultado positivo para dar uma sobrevida para Thiago Carpini no comando técnico, aconteceu o previsto. Novamente se viu um São Paulo perdido e sem criatividade.

E dessa vez contra o mais caro elenco do futebol da América do Sul, em pleno Maracanã. O duelo foi dominado pelo Rubro-Negro, que nada tem a ver com a crise dos paulistas.

A partida pode ter dado a resposta que a diretoria do São Paulo esperava. A demissão de Carpini tem tudo para ser sacramentada.

Gol natural

Quem prestava atenção no Maracanã sabia que o gol do Flamengo ia sair da forma mais natural possível. Não era preciso um futebol vistoso, nem acuar o São Paulo. A pressão na equipe paulista e em Thiago Carpini falava por si só.

Nos primeiros 20 minutos de jogo, a bola ‘queimava’ no pé dos jogadores do São Paulo. E o gol natural saiu. E da forma mais cruel que tem no futebol: a Lei do Ex.

Luiz Araújo foi poupado por desgaste físico, mas teve que ser acionado por lesão de Cebolinha. Ao receber bola na ponta, driblou Michel Araújo e não perdoou. Vantagem para o leve Flamengo: 1 a o.

Última tentativa

Com o resultado adverso, Carpini colocou o São Paulo mais ofensivo, desfazendo a formação com três zagueiros e colocando Erick e Ferreira para tentar mudar o panorama do duelo.

Mesmo com mais posse, o São Paulo seguiu pouco agressivo. Com o resultado na mão, o Flamengo aproveitou da tranquilidade da partida e foi para cima em busca de garantir a vitória.

Golpe final?

Como esperado, o Flamengo deu números finais, pelo menos em termos de assegurar a vitória, logo no início do segundo tempo. Em bela jogada de Pedro, De La Cruz aproveitou rebote de Rafael e jogou a pá de cal no São Paulo e em Thiago Carpini.

O Flamengo cozinhou o resultado. Acabou comentendo um erro. Tite poupou algumas peças importantes e na base do abafa o São Paulo conseguiu se encontrar no jogo.

Suspiro tricolor

Quando o jogo se encaminhava para um final tranquilo para o Flamengo, o São Paulo resolveu colocar fogo na partida. Em uma ótima descida pela direita, Alisson cruzou na medida para Ferreira de cabeça mandar para o fundo do gol e levantar a torcida tricolor em bom número no Maracanã.

Próximos jogos

O Flamengo terá pela frente um importante duelo contra o Palmeiras, no domingo (21), às 16h (de Brasília), na Allianz Arena.

Novamente longe do Morumbis, o São Paulo visita o Atlético-GO, no Antônio Accioly, em Goiânia, também no domingo, às 18h30 (de Brasília).

Flamengo 2x1 São Paulo

Flamengo

Rossi; Varela, Fabrício Bruno, Léo Pereira e Ayrton Lucas; Allan, Pulgar e De La Cruz (Gerson); Everton Cebolinha (Luiz Araújo), Bruno Henrique (Victor Hugo) e Pedro. Técnico: Tite.

São Paulo

Rafael; Ferraresi (Erick), Arboleda e Diego Costa; Igor Vinícius; Pablo Maia (Juan), Alisson, Michel Araújo (Ferreira) e Wellington; Luciano e Calleri (André Silva). Técnico: Thiago Carpini.

Gols: Luiz Araújo (aos 17min do 1ºT), De La Cruz (aos 8min do 2ºT) para o Flamengo;
Ferreira (aos 33min do 2ºT) para o São Paulo
Cartão amarelo: Fabrício Bruno (FLA); Igor Vinícius, Míchel Araújo, Luciano (SPA)
Cartão vermelho: Nenhum
Motivo: Jogo da 2ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro
Local: Maracanã, Rio de Janeiro
Renda e Público: R$ 2.496.042,50/48.103 presentes
Data e hora: 17 de abril de 2024, às 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Anderson Daronco (Fifa/RS)
Assistentes: Rafael da Silva Alves (Fifa/RS) e Maurício Coelho Silva Penna (RS)
Arbitro de vídeo: Rodrigo D’Alonso Ferreira (SC)


Participe dos canais do Itatiaia Esporte:

Jornalista esportivo desde 2006 e com passagens por Lance!, Extra e assessorias de marketing esportivo. É correspondente da Itatiaia no Rio de Janeiro. Tem pós-graduação em Jornalismo Esportivo e formação em Análise de Desempenho voltado para mercado.
Leia mais