Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Série A do Campeonato Brasileiro tem 19 de 20 times patrocinados por casas de apostas

Apenas dois times não cedem espaço mais nobre da camisa para casas de apostas

Os times da Série A do Campeonato Brasileiro começaram, neste fim de semana, a caminhada nos torneios estaduais. Em 2024, 18 dos 20 clubes da elite do futebol nacional possuem acordos comerciais com casas de apostas no espaço mais importante de suas respectivas camisas.

Ano passado, às vésperas do início do principal torneio do Brasil, 19 dos 20 clubes tinham acordos comerciais com casas de apostas. O crescimento fica por conta da presença das empresas no espaço principal das camisas. Antes, eram 11 e agora, são 18.

A tendência é que o número aumente, pois o Vasco negocia espaço de patrocínio máster com uma empresa do ramo. O Cuiabá, assim como no ano passado, é a única equipe sem acordo comercial com representantes do ramo.

As casas de apostas têm gravitado em todo o universo do futebol. Além dos clubes, contam com ex-jogadores fazendo papel de embaixadores das marcas e também fazem ações de marketing com influenciadores. Competições, como a Copa do Brasil e Série B, também vendem naming rights para empresas do ramo.

Na Europa, o movimento é contrário. A Premier League anunciou que, até a temporada 2025/2026, não terá mais casas de apostas no espaço master dos clubes. Atualmente, oito das 20 equipes da competição contam com sites de apostas no lugar que será proibido.

Nas outras grandes ligas europeias, há pouca presença dessas marcas. Não há casas de apostas no espaço principal de clubes da Espanha, Alemanha e França. Apenas um na Itália (Lecce) cede esse espaço para empresa do ramo.

Mais espaço

Ano passado, eram onze equipes com o espaço mais nobre da camisa cedido à empresas de apostas. Em 2024, 14 clubes estampam marcas como patrocínio principal na camisa.

Grêmio (Esportes da Sorte), Internacional (EstrelaBet), Palmeiras (Betafair), Vasco (pixbet) e Bragantino (mrjackbet) possuem acordos comerciais com casas de apostas em outros espaços da camisa. A tendência é que o clube carioca integre a outra lista até o início do Brasileirão.

Leia também

Lei para sites de apostas

Em dezembro de 2023, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) sancionou a lei que regulamenta as apostas esportivas. O texto também autoriza o funcionamento dos cassinos online.

A expectativa do governo é utilizar a regulamentação das apostas como forma de impulsionar a meta de zerar o déficit das contas públicas no ano que vem.

A lei diz respeito às apostas de quota física, em que o apostador vence se acertar o placar de um evento esportivo, como o resultado de um duelo de futebol, ou a condição de um jogo.

Veja lista de patrocínios máster

  • Athletico - Esportes da Sorte
  • Atletico-GO - Blaze
  • Atletico - Betano
  • Bahia - Esportes da Sorte
  • Botafogo - Parimatch
  • Corinthians - vaidebet
  • Criciúma - EstrelaBet
  • Cruzeiro - Betfair
  • Cuiabá - Drebor
  • Flamengo - Pixbet
  • Fluminense - Betano
  • Fortaleza - Novibet
  • Grêmio - Banrisul*
  • Internacional - Banrisul*
  • Juventude - Stake
  • Palmeiras - Crefisa*
  • Red Bull Bragantino - Red Bull*
  • São Paulo - Superbet
  • Vasco - sem patrocínio*
  • Vitória - Betsat

*Grêmio (Esportes da Sorte), Internacional (EstrelaBet), Palmeiras (Betafair), Vasco (pixbet) e Bragantino (mrjackbet) possuem acordos comerciais com casas de apostas em outros espaços da camisa.

Participe do canal da Itatiaia no Whatsapp e receba as principais notícias do dia direto no seu celular. Clique aqui e se inscreva.

Leonardo Parrela é repórter multimídia na área de esportes na Itatiaia. É formado em Jornalismo pela PUC Minas. Antes da Itatiaia, colaborou com Globo Esporte, UOL Esporte e Hoje Em Dia, onde cobriu Copa do Mundo, Olimpíada e grandes eventos.
Leia mais