Ouvindo...

Times

Bahia já tem desfalques confirmados para jogo contra o Criciúma

Zagueiro Kanu recebeu cartão amarelo quando estava no banco de reservas, nesta quinta (13), contra o Fortaleza, e está suspenso

O Bahia já tem pelo menos dois desfalques confirmados para o jogo contra o Criciúma, válido pela nona rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. As equipes se enfrentam no próximo domingo (16), às 18h30 (de Brasília), no Heriberto Hülse, em Santa Catarina.

Nesta quinta-feira (13), durante o jogo contra o Fortaleza, o zagueiro Kanu e o meia Carlos de Pena receberam o terceiro cartão amarelo e estão suspensos.

Em virtude de um desconforto muscular que sentiu no aquecimento realizado no vestiário do Tricolor na Fonte Nova, palco do confronto, o zagueiro não entrou em campo contra o Leão do Pici. O Bahia venceu a partida por 1 a 0.

Sem Kanu, Rogério Ceni terá que escolher entre improvisar o volante Rezende, que o substituiu nesta quinta, e Victor Cuesta, que está retornando de uma lesão no joelho. David Duarte e Marcos Victor correm por fora para fazer dupla com Gabriel Xavier.

Já De Pena costuma iniciar as partidas no banco de reservas, mas entrar durante o jogo.

Vale lembrar que o Esquadrão também não pode contar com o volante Nicolás Acevedo. O jogador se recupera de uma cirurgia para reconstrução de ligamento cruzado anterior do joelho (LCA) direito.

Retorno

Apesar dos desfalques, o técnico Rogério Ceni terá a volta do atacante Thaciano, que cumpriu suspensão diante do Fortaleza. Ele deve reassumir a vaga de titular no lugar de Ademir.

Com 17 pontos conquistados em oito rodadas, o Bahia ocupa a vice-liderança do Brasileirão. Está atrás do Flamengo apenas por causa do saldo de gols. Completam o G4 o Botafogo e o Athletico-PR, ambos com 16 pontos.

Leia também


Participe dos canais do Itatiaia Esporte:

Nuno Krause é correspondente da Itatiaia na região Nordeste. Formado pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), acumula passagens por Bahia Notícias, Jornal A TARDE e Rádio Salvador FM. Atua no jornalismo esportivo desde 2019.
Leia mais