Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Atlético, Cruzeiro, Flamengo, Inter e São Paulo deverão ter camisas mais caras a partir de junho

Atlético, Cruzeiro e outros clubes da Série A que têm a Adidas como fornecedora, devem ter reajuste no valor das camisas

Os torcedores de clubes brasileiros que têm a Adidas como fornecedora de material esportivo podem preparar o bolso; entre eles, os de Atlético e Cruzeiro. Conforme informação recebida pela Itatiaia, nesta segunda-feira (20), o preço das camisas de jogo deverão ter aumento considerável no meio do ano.

Em relação ao alvinegro, que na atual linha vende a linha 1 a R$ 299, o novo modelo, que será lançado em 1º de abril, custará cerca de R$ 350 nos primeiros dias. No meio do ano, este valor deve ser reajustado para R$ 400, assim como no caso de Cruzeiro, Flamengo, Internacional e São Paulo.

No caso da Raposa, a peça principal, lançada recentemente, já tem o valor de R$ 349,99, e, como dito anteriormente, também terá reajuste nos próximos meses.

Outras fornecedoras devem seguir o mesmo caminho

De acordo com fonte consultada pela reportagem, fornecedoras como Nike e Puma, por exemplo, também devem seguir a mesma linha e aumentar o valor cobrado pelas camisas dos clubes que disputam a Série A do Campeonato Brasileiro.

* A Itatiaia procurou a Adidas no Brasil para um posicionamento, mas a fornecedora de material esportivo disse que não comentaria o assunto.

Henrique André é repórter multimídia e setorista do Atlético na Itatiaia. Acumula passagens por Uol Esporte, Jornal Hoje em Dia e outros veículos. Participou da cobertura de grandes eventos, como Copas do Mundo (2014-18) e Olimpíada (2016-2021).
Guilherme Piu é jornalista esportivo com experiência multiplataforma: digital, revista, rádio e TV. Tem dois livros publicados e foi premiado em festivais de cinema no Brasil e no exterior, dentre eles o Cinefoot. Cobriu grandes eventos, como Copa do Mundo, Olimpíada, Copa América e torneios de futebol. Passou por Hoje em Dia, Uol e Revista Placar.
Leia mais