Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Campeonato Baiano 2024: veja as informações do Estadual da dupla Bahia e Vitória

Principais postulantes ao título do Estadual que começa para ambos nesta quarta-feira (17), Bahia e Vitória estão juntos novamente na Série A após seis anos

O Bahia conquistou o Campeonato Baiano 2023

O Bahia conquistou o Campeonato Baiano 2023

Bahia / Divulgação

Após seis anos, o Campeonato Baiano volta a ter novamente dois clubes na Série A do Campeonato Brasileiro. Com o retorno do Vitória à elite nacional como campeão da Segundona, e a manutenção do Bahia na elite nacional, as duas equipes de Salvador puxam a fila dos favoritos ao título do Estadual que terá início para ambos nesta quarta-feira (17). A final do Estadual está programada para o dia 7 de abril.

Esta será a sexta vez que Bahia e Vitória jogam o Estadual concomitantemente no Brasileirão. Antes, estiveram juntos nas edições 2003 (título do Vitória), 2013 (título do Vitória), 2014 (título do Bahia), 2017 (título do Vitória) e 2018 (título do Bahia).

Com a força do Grupo City e contratações milionárias, como as de Jean Lucas e Caio Alexandre, o Esquadrão busca o bicampeonato da competição. Maior campeão estadual, com 51 conquistas, a equipe tricolor conquistou a última taça numa final vencida sobre o Jacuipense.

Com um time reserva, já que o elenco principal está realizando a pré-temporada em Manchester, na Inglaterra, o Bahia estreará no Estadual nesta quarta-feira, às 21h30 (de Brasília), diante do Jequié, na Fonte Nova.

Em busca do 30º título, o Vitória precisa antes encerrar uma sequência incômoda. A equipe rubro-negra não levanta o troféu desde 2017. Pior do que isso, acumula uma histórica sequência de cinco eliminações consecutivas na primeira fase do Baianão.

O Vitória aposta na manutenção da base campeã da Segundona com o técnico Léo Condé, e em reforços como o atacante Luan, para quebrar o jejum. A estreia do Leão é nesta quarta-feira, 19h15 (de Brasília), diante do Jacuipense, no Estádio Valfredão.

Baianão já começou para quatro clubes

A competição iniciou no último domingo (14), com o triunfo do Bahia de Feira, por 6 a 1, diante do Jacobina; e do Atlético-BA, por 2 a 1, sobre o Itabuna.

Os dez clubes participantes

  • Atlético - de Alagoinhas, última classificação: 8º colocado;
  • Bahia - de Salvador, última classificação: campeão;
  • Bahia de Feira - de Feira de Santana, última classificação: 5º colocado;
  • Barcelona - de Ilhéus, última classificação: 7º colocado;
  • Itabuna - de Itabuna, última classificação: 4º colocado;
  • Jacobina - de Jacobina, última classificação: conquistou o acesso como vice-campeão da Série B 2023 do Estadual;
  • Jacuipense - de Riachão do Jacuípe, última classificação: vice-campeão;
  • Jequié - de Jequié, última classificação: conquistou o acesso como campeão da Série B 2023 do Estadual;
  • Juazeirense - de Juazeiro, última classificação: 3º colocado;
  • Vitória - de Salvador, última classificação: 6ª colocado.

Fórmula de disputa

Dos dez times, os quatro primeiros avançam às semifinais. Os dois últimos são rebaixados.
Um dos jogos das semifinais é disputado entre o 1º e o 4º colocados, e o outro duelo é entre o 2º e o 3º. As partidas são de ida e volta. A final do Campeonato Baiano também vai ser disputada em dois confrontos entre os vencedores dos duelos das semifinais.

Top 5 dos maiores campeões

  • Bahia - 50
  • Vitória - 29
  • Ypiranga - 10
  • Botafogo - 7
  • Galícia - 5

Onde assistir

O Campeonato Baiano terá transmissão exclusiva da TVE Bahia, que também exibirá as partidas nos seus perfis do YouTube e Facebook.

1ª rodada do Baianão

  • Bahia de Feira 6 x 1 Jacobina - 14 de janeiro;
  • Itabuna 1 x 2 Atlético BA - 14 de janeiro;
  • Barcelona x Juazeirense - 17 de janeiro, 17h (de Brasília);
  • Jacuipense x Vitória - 17 de janeiro, 19h15 (de Brasília);
  • Bahia x Jequié - 17 de janeiro, 21h30 (de Brasília).
Jornalista, natural do Recife, é atualmente correspondente do portal Itatiaia Esporte na região Nordeste. Com mais de uma década de experiência no jornalismo esportivo, tem passagens pela Folha de Pernambuco, Diario de Pernambuco, Superesportes e NE45. Em Portugal, trabalhou por O Jogo e Sport Magazine.
Leia mais