Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Bahia é superior, vence o Inter e se afasta da zona de rebaixamento

Esquadrão teve três gols anulados no segundo tempo, mas garantiu o triunfo pelo placar mínimo com gol de Biel, ainda no primeiro tempo

Pela segunda vez no Brasileirão, o Bahia sente o gol de acumular dois triunfos consecutivos. E numa boa hora. Na luta intensa, ponto a ponto, contra o rebaixamento, o Esquadrão foi melhor no jogo e venceu o Internacional, na noite desta quarta-feira (18), na Arena Fonte Nova, em Salvador, por 1 a 0.

O gol da partida válida pela 27ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro foi marcado por Biel, ainda no primeiro tempo. Com maior volume de jogo, o Esquadrão ainda teve três gols corretamente anulados na etapa final.

Em termos históricos, o êxito tricolor pôs fim a uma sequência de 11 jogos, por longos nove anos, sem vencer o Internacional. O último triunfo sobre os colorados acontecera na Sul-Americana de 2014.

Como fica a classificação

Com o resultado, o Bahia chegou aos 31 pontos, alcançando a 13ª posição, e encostando no Inter, com um ponto a mais e numa posição acima, em 12º. Ambos seguem ameaçados pela zona de rebaixamento.

O Santos, 17º, equipe que abre o Z4, soma 30 pontos. Tanto o Esquadrão quanto o Colorado ainda podem perder posições no decorrer da rodada nesta quinta-feira (19).

Próximos compromissos

O Bahia volta a jogar no próximo sábado (21), quando receberá o Fortaleza, na Arena Fonte Nova. No dia seguinte, no domingo (22), o Internacional receberá o Santos, no Beira-Rio.

Principais lances do jogo

Num primeiro tempo bastante pegado, com as duas equipes fazendo prevalecer, em vários momentos, a força física em detrimento à técnica, o Bahia foi mais eficiente para ir para o intervalo com a vantagem no placar. As chances na etapa inicial foram escassas.

Aos 23, Cauly cobrou falta com capricho, por cima do travessão. O Inter arriscou com Mauricio, da intermediária, com perigo. A melhor chance colorada veio aos 38. Alan Patrick fez boa jogada, passou bem por Cándido, avançou e cruzou na medida. Luiz Adriano, na pequena área, furou.

Num lance de inspiração individual, o gol tricolor. Passe de Rezende para Biel avançar sem ser incomodado e soltar o pé da intermediária para abrir o placar, garantindo o triunfo parcial do Esquadrão no primeiro tempo.

Três gols anulados do Bahia

Logo no primeiro minuto do segundo tempo, o Bahia precisou colocar o VAR para trabalhar. Na pressão tricolor, Bruno Henrique afastou o perigo na pequena área e, no rebote, Thaciano ampliou. Após revisão, o árbitro de vídeo observou impedimento de Rezende no lance e invalidou o gol.

O Inter respondeu aos 10 minutos. Falta de Alan Patrick para cabeçada de Mercado na trave. No decorrer do lance, contra-ataque do Bahia para o segundo gol anulado do Esquadrão. Passe de Biel para Cauly, impedido, avançar e marcar. Invalidado.

Aos 12, nova chance da equipe da casa. Novamente de Biel para Cauly, que entra sozinho na área e finaliza para grande defesa de Keiller. Na base dos contra-ataques, o Bahia seguiu acumulando boas chances. Aos 17, foi a vez de Everaldo cruzar para Biel desperdiçar grande chance.

Aos 23, foi a vez de Everaldo parar em Keiller. Dois minutos depois, o terceiro gol invalidado do Esquadrão: passe de Everaldo para Thaciano entrar na área disparada e tocar na saída de Keiller. Gol anulado por impedimento.

O Inter só deu sinais de vida aos 34, quando Mauricio arriscou e assustou Marcos Felipe. A vida tricolor foi facilitada aos 36 minutos. Lucca acertou uma cotovelada em Vitor Hugo e foi expulso, após análise do VAR. Com um a mais, o Bahia soube segurar a vantagem sem correr riscos para assegurar o triunfo na partida.

Bahia 1 x 0 Inter

Bahia

Marcos Felipe; Gilberto, Kanu, Vitor Hugo (Raul Gustavo) e Camilo Cândido; Rezende, Thaciano (Rafael Ratão), Yago Felipe (Acevedo) e Cauly (Lucas Mugni); Biel (Luciano Juba) e Everaldo. Técnico: Rogério Ceni.

Inter

Keiller; Bustos, Vitão, Mercado e Dalbert (Hugo Mallo); Gabriel (Rômulo), Maurício (Gabriel Barros), Bruno Henrique (Pedro Henrique) e Wanderson; Alan Patrick e Luiz Adriano (Lucca). Técnico: Eduardo Coudet.

Gol

Biel (43min1T), para o Bahia.

Cartão vermelho

Lucca (37min2T), para o Internacional.

Cartões amarelos

Rezende, para o Bahia; Vitão, para o Internacional.

Público: 31.385.
Renda: R$ 863.928,00.
Motivo: 27ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro.
Data e horário:
18 de outubro de 2023 (quarta-feira), às 21h30 (de Brasília)
Local: Arena Fonte Nova, em Salvador.
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (CE).
Auxiliares: Nailton Junior de Sousa Oliveira e Renan Aguiar da Costa (ambos do CE).
Árbitro de vídeo: Wagner Reway (PB).

Jornalista, natural do Recife, é atualmente correspondente do portal Itatiaia Esporte na região Nordeste. Com mais de uma década de experiência no jornalismo esportivo, tem passagens pela Folha de Pernambuco, Diario de Pernambuco, Superesportes e NE45. Em Portugal, trabalhou por O Jogo e Sport Magazine.
Leia mais