Ouvindo...

Times

Santos vira para cima do Bahia e vence confronto direto em plena Fonte Nova

Esquadrão saiu na frente no segundo tempo, com Cándido, mas permitiu virada do Peixe, com Marcos Leonardo e Furch

O Santos está vivo no Brasileirão. Após três derrotas consecutivas, o Peixe voltou a vencer na reestreia do técnico interino Marcelo Fernandes. E não qualquer triunfo. Num confronto direto contra o Bahia, na noite desta segunda-feira (18), em plena Arena Fonte Nova, o Peixe conseguiu uma virada do alívio para cima do Esquadrão: 2 a 1. Um êxito que renova a esperança em dias melhores para a equipe alvinegra.

O Bahia abriu o placar com Camilo Cândido, já no segundo tempo, mas o Peixe reagiu e virou com Marcos Leonardo e Julio Furch, nos acréscimos. O jogo marcou a estreia do técnico Rogério Ceni diante da torcida tricolor, que não poupou a equipe das vaias ao fim do jogo.

Como fica a classificação

Com o resultado, o Santos chegou aos 24 pontos, mantendo-se na 17ª posição, na zona de rebaixamento, mas agora mais perto da saída. O Bahia, por sua vez, com 25 pontos é o 15º, mas ainda pode perder uma posição no decorrer desta 23ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Próximos compromissos

O Bahia volta a jogar apenas daqui a 12 dias, no sábado (30), quando visitará o Flamengo, no Maracanã. O Santos jogará um dia depois, no domingo (1º), recebendo o Vasco, na Vila Belmiro.

Principais lances do jogo

O primeiro tempo começou e terminou com o mesmo placar, mas de maneira bastante distinta. Os primeiros minutos foram de uma surpreendente “blitz” do Santos. Os finais, de superioridade do Bahia.

O Peixe criou três ótimas chances de gol em menos de cinco minutos, com Lucas Lima (na trave, porém impedido), Jean Lucas e Marcos Leonardo - ambos parando em grandes defesas de Marcos Felipe.

O Bahia, atordoado, precisou de alguns minutos para colocar a bola no pé. A primeira finalização veio apenas aos 17 minutos, com Camilo Cândido batendo cruzado para boa intervenção de João Paulo, que também salvou em chute de Yago Felipe, aos 33. O Esquadrão, em evolução no jogo, ainda desperdiçou chances com Everaldo e Gilberto, aos 39 e 40, respectivamente. Lucas Lima, aos 44, perdeu mais uma oportunidade pelo lado alvinegro.

No segundo tempo, o jogo manteve um ritmo bastante acelerado com as duas equipes expostas em busca do primeiro gol. No cenário lá e cá, melhor para o Bahia. Aos 14 minutos, passe de Gilberto invertendo o jogo para Camilo Cândido, que chuta com precisão para abrir o placar.

O Tricolor parecia ter sob controle as ações do jogo, quando o Peixe encontrou o gol de empate. Jogada ensaiada que começou com Soteldo e terminou com cabeçada de Marcos Leonardo para empatar o jogo aos 27 minutos. O Bahia sentiu o golpe. Não conseguiu reagir. Pior, acabou tomando a virada. Aos 48, bola parada com Jean Lucas, Joaquim desvia de cabeça e Julio Furch mandou para as redes: 2 a 1 e vitória para o Santos.

Bahia 1 x 2 Santos

Bahia

Marcos Felipe; Gilberto, Kanu, Vitor Hugo e Cándido; Acevedo, Yago Felipe (Lucas Mugni) e Thaciano; Ademir (Luciano Juba), Ratão (Biel) e Everaldo (Mingotti). Técnico: Rogério Ceni.

Santos

João Paulo; João Basso, Joaquim e Dodô; Lucas Braga, Tomás Rincón, Jean Lucas, Lucas Lima (Nonato) e Kevyson (Júnior Caiçara); Soteldo (Dodi) e Marcos Leonardo (Julio Furch). Técnico: Marcelo Fernandes.

Gols

Camilo Cándido (14min2T), para o Bahia; Marcos Leonardo (27min2T) e Julio Furch (48min2T), para o Santos.

Cartão amarelo

Joaquim, para o Santos.

Público: 41.431.
Renda: R$ 1.301.641,00.
Motivo: 24ª rodada do Campeonato Brasileiro.
Data e horário: 18 de setembro de 2023 (segunda-feira), às 20h (de Brasília).
Local: Arena Fonte Nova, em Salvador.
Árbitro: Ramon Abatti Abel (SC).
Auxiliares: Alex dos Santos e Thiaggo Americano Labes (ambos de SC).
Árbitro de vídeo:Carlos Eduardo Nunes Braga (RJ).

Jornalista, natural do Recife, é atualmente correspondente do portal Itatiaia Esporte na região Nordeste. Com mais de uma década de experiência no jornalismo esportivo, tem passagens pela Folha de Pernambuco, Diario de Pernambuco, Superesportes e NE45. Em Portugal, trabalhou por O Jogo e Sport Magazine.
Leia mais