Ouvindo...

Times

Daniel Alves paga fiança e pode deixar a prisão na Espanha

Ex-jogador da Seleção Brasileira está preso por estupro

O ex-jogador Daniel Alves pagou fiança de 1 milhão de euros (cerca de R$ 5,45 milhões) e pode deixar a prisão na Espanha ainda nesta segunda-feira (25). A informação é da Agence France-Presse (AFP).

A audiência de Barcelona concedeu a medida favorável ao atleta na quarta-feira passada (20), mas até esta segunda-feira ele não havia depositado o montante exigido pelo tribunal para deixá-lo livre enquanto os recursos sobre sua sentença são analisados.

Leia também: Entenda por que Daniel Alves terá liberdade provisória pouco depois da condenação por estupro

Daniel Alves está preso desde janeiro de 2023, por ter estuprado uma jovem em uma boate em Barcelona. O ex-lateral da Seleção Brasileira foi condenado a 4 anos e um mês, em fevereiro deste ano. Na semana passada, porém, a Justiça concedeu a Daniel Alves o direito de aguardar em liberdade o julgamento dos recursos do caso.

Liberdade provisória

Condenado por estupro na Espanha, o ex-lateral poderá deixar o presídio de Brians 2 mediante o pagamento de fiança estipulado em 1 milhão de euros (cerca de R$ 5,45 milhões, na cotação atual).

O ex-jogador está preso desde janeiro de 2023. Por isso, a defesa de Daniel entrou com o pedido de liberdade provisória, na última terça-feira (19), alegando que já havia sido cumprido um quarto da pena.

Condenação

Daniel Alves foi condenado a quatro anos e meio de prisão, além de uma liberdade supervisionada de cinco anos. A juíza do caso, Isabel Delgado, também estipulou que fosse paga uma indenização de 150 mil euros e ordenou que Daniel Alves ficasse afastado da vítima por nove anos. As custas processuais também ficarão a cargo de Alves.

Em depoimento durante a audiência que selou a sua condenação, Daniel Alves chorou, disse ter ingerido bebida alcoólica e negou que tenha violentado a mulher.

Participe dos canais da Itatiaia:

Jornalista formado pela Newton Paiva. É repórter da rádio Itatiaia desde 2013, com atuação em todas editorias. Atualmente, está na editoria de cidades.
Leia mais