Ouvindo...

Times

Matteus, vice-campeão do BBB 24, faz aniversário e ganha declaração de Isabelle

Matteus Amaral faz aniversário nesta quinta-feira (20)

Matteus Amaral recebeu uma declaração de amor de Isabelle Nogueira na madrugada desta quinta-feira (20), dia em que o vice-campeão do BBB 24 completa 28 anos.

“Hoje é o dia do nascimento desse ser humano lindo. E que alegria eu tenho em celebrar esse dia com você meu amor. Gratidão por ter você no meu caminho”, iniciou ela.

“Que Deus abençoe sua vida, seus sonhos e planos. Você é um homem sonhador, prestativo, proativo e de coração bom. Parceiro, excelente filho, neto, irmão e amigo”, continuou.

A ex-BBB encerra: “Deus tem planos lindos para você e grandes coisas o Senhor fará na sua vida. Que Deus seja contigo sempre. Em breve estaremos juntos. Feliz vida, feliz novo ciclo, feliz aniversário lindo da minha vida”.

Leia também

Denúncia de fraude

O caso ganhou repercussão nas redes sociais após uma publicação trazer o assunto à tona. Conforme o IFFar, “em 2014, o estudante Matteus Amaral Vargas ingressou no curso de bacharelado em Engenharia Agrícola oferecido em conjunto com a Unipampa. A inscrição dele foi feita nas vagas destinadas a candidatos pretos/pardos”.

Durante o BBB 24, Matteus contou aos colegas de confinamento que abandonou os estudos para cuidar da avó, que estava doente na época. Ele trancou a matrícula no 5º semestre.

A respeito do caso só ter vindo à tona em 2024, anos após o ingresso de Matteus no curso, o IFFar informou que “naquela época, de acordo com a Lei de Cotas de 2012, o único documento exigido para a inscrição nas cotas era a autodeclaração do candidato”. “Não havia mecanismo de verificação ou comprovação da declaração do candidato”, acrescentou a instituição.

Conforme o IFFar, possíveis fraudes às políticas de ações afirmativas eram apuradas apenas se houvesse denúncia formal na Ouvidoria da instituição – o que não houve.

O vice-campeão do BBB 24 se manifestou a respeito do caso nas redes sociais e disse que a inscrição no processo seletivo foi “realizada por um terceiro, que cometeu um erro ao selecionar a modalidade de cota racial” sem o seu “consentimento ou conhecimento prévio”. Além disso, que não teve a intenção de se beneficiar com o ingresso na reserva de vagas por políticas afirmativas.

Um processo administrativo interno foi aberto para investigar o ingresso de Matteus por cota racial. Além disso, Matteus foi denunciado ao Ministério Público Federal por falsidade ideológica.

Com informações de Natasha Werneck


Participe dos canais da Itatiaia:

Patrícia Marques é jornalista e especialista em publicidade e marketing. Já atuou com cobertura de reality shows no ‘NaTelinha’ e na agência de notícias da Associação Mineira de Rádio e Televisão (Amirt). Atualmente, cobre a editoria de entretenimento na Itatiaia.
Leia mais