Ouvindo...

Times

Médico que atendeu Tony Ramos revela se ator terá sequelas

Ator, de 75 anos, chegou ao hospital em coma, lembra neurocirurgião

O neurocirurgião Paulo Niemeyer Filho, responsável pelo atendimento de Tony Ramos, 75 anos, informou nesse domingo (26), em entrevista ao Fantástico, que o ator chegou ao hospital em coma.

Depois de duas cirurgias para retirar hematomas entre o crânio e o cérebro, Tony Ramos recebeu alta na última sexta-feira (24), depois de ficar oito dias internado em um hospital do Rio de Janeiro.

“Estava em coma, mas em coma superficial. Ele já não atendia, não se comunicava e não abria os olhos”, disse o médico.

Leia também

O neurocirurgião explicou que os hematomas se formam ao longo dos meses, depois de uma batida na cabeça. Tony Ramos diz não se lembrar de nada nesse sentido. “Às vezes, é tão sútil que o paciente nem lembra que teve. Depois de um mês, dois começa, então, com uma dor de cabeça, começa a ter uma dificuldade para falar, se for do lado esquerdo, ou ter dificuldade para assinar”, disse o médico.

No caso de Tony Ramos, o hematoma ocupou todo lado esquerdo do cérebro e não apenas pequenos trechos, como ocorre geralmente nesses casos. Apesar do susto, o médico destacou que o ator não terá sequelas.

“Ele vai voltar (a fazer) tudo. Está ótimo e não tem nenhum problema. Teve uma recuperação plena”.

Relembre

O ator Tony Ramos foi hospitalizado na noite de quinta-feira (16) por conta de um sangramento no cérebro. Na ocasião, o Hospital Samaritano de Botafogo, na Zona Sul do Rio de Janeiro, onde ele está internado, explicou que o artista passou por uma “cirurgia de drenagem de hematoma subdural”, que foi bem-sucedida e que ele estava “estável”.

Na sexta (17), a unidade de saúde destacou que o artista “realizou uma nova tomografia de crânio”, que “mostrou significativa melhora”.

Além disso, esclareceu que “Tony Ramos respira sem auxílio de aparelhos, está lúcido e seu estado de saúde é estável”.

No sábado (18), ele recebeu alta do Centro de Terapia Intensiva (CTI) e foi transferido para a Unidade Semi-Intensiva.

No dia seguinte, ou seja, domingo (19), ele passou por uma segunda cirurgia após apresentar distúrbios de coagulação que resultaram na formação de novos hematomas intracranianos. O boletim destacou que Tony “está bem, acordado e respirando sem o auxílio de aparelhos”.


Participe dos canais da Itatiaia:

Jornalista formado pela Newton Paiva. É repórter da rádio Itatiaia desde 2013, com atuação em todas editorias. Atualmente, está na editoria de cidades.
Leia mais