Ouvindo...

Times

Entenda por que Kate Middleton não deve aparecer em público por um ano durante tratamento de câncer

Princesa recebeu diagnóstico de câncer no início do ano e, desde o fim do ano passado, já não participa de compromissos da realeza

Uma das mulheres mais fotografadas do mundo, Kate Middleton não deve ser vista em público por pelo menos um ano, conforme relatado por uma fonte do Palácio de Kensington ao The Daily Beast. A princesa de Gales está tratando um câncer e já não aparece em compromissos oficiais desde o fim de 2023, mas deve seguir ausente pelo restante deste ano.

A agenda de aparições oficiais de Catherine estaria vazia. “Não há nada planejado. Ela pode não aparecer em público pelo resto do ano”, afirmou uma pessoa próxima à família do da princesa e do príncipe de Gales, William — cujo pai, o rei Charles III, também está tratando um câncer, mas ainda continua cumprindo os compromissos oficiais.

O informante ainda destacou que o palácio está ciente de que a ausência prolongada da princesa pode levar a especulações sobre a condição de saúde de Kate. “Eu não descartaria a possibilidade de outra mensagem de vídeo atualizando o país sobre sua saúde, já que foi uma maneira muito eficaz de manter os teóricos da conspiração afastados”, apontou ao The Daily Beast.

Leia também

‘Sumiço’ de Kate Middleton

A ausência de Catherine, uma das mulheres mais fotografadas do mundo, gerou inúmeros rumores sobre a saúde dela e a situação do casamento com príncipe William. Kate ficou fora dos holofotes por mais de 80 dias, sem detalhes sobre o motivo que levou à necessidade do procedimento, o que só foi revelado através do vídeo divulgado pelo Palácio de Kensington.

Representantes haviam indicado, no momento da hospitalização de Kate, que ela não retornaria às suas funções oficiais antes do final de março. A princesa de Gales não aparecia publicamente há quase três meses quando foi clicada ao lado de William. As imagens foram as primeiras que mostram Kate de forma clara desde que ela precisou ser hospitalizada para uma “cirurgia abdominal planejada”.

Kate revelou, alguns dias depois, que está sendo submetida a um tratamento de “quimioterapia preventiva” para um câncer descoberto durante a cirurgia. O tratamento quimioterápico consiste basicamente na utilização de medicamentos cuja missão é eliminar as células cancerosas e impedir que elas se espalhem e se multipliquem no organismo.


Participe dos canais da Itatiaia:

Maria Clara Lacerda é jornalista formada pela PUC Minas e apaixonada por contar histórias. Na Rádio de Minas desde 2021, é repórter de entretenimento, com foco em cultura pop e gastronomia.


Ana Luisa Sales é estudante de jornalismo da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Na Itatiaia desde 2022, já passou por empresas como ArcelorMittal e Record TV Minas. Atualmente escreve para as editorias entretenimento, curiosidades e cidades.
Leia mais