Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

‘Quem quer ser um milionário': relembre o mineiro que quase ganhou o prêmio

Prêmio de R$ 1 milhão saiu na noite deste domingo (10) para jornalista pernambucana

mineiro quase levou prêmio do quem quer ser um milionário

Mineiro quase levou prêmio do ‘Quem quer ser um milionário’

Reprodução/TV Globo

A jornalista pernambucana Jullie Dutra, de 38 anos, foi a primeira participante a levar o prêmio de R$ 1 milhão do ‘Quem Quer Ser Um Milionário’, quadro do Domingão com Huck na TV Globo, neste domingo (10).

Em pouco mais de um mês, Jullie foi a terceira pessoa a responder a pergunta do milhão. Na edição do último domingo (3), o pernambucano Luiz Pratines, de 51 anos, não acertou a última pergunta e também voltou para casa com R$ 300 mil.

No programa do dia 5 de novembro, o mineiro Arthur de Oliveira Abrantes, de 26 anos, chegou até a última etapa para vencer o prêmio milionário, mas errou a pergunta. Ele acabou levando R$ 300 mil.

Quem é o mineiro que chegou a pergunta do milhão?

Natural de Paracatu, na região Noroeste de Minas, Arthur estudou a maior parte da vida em escolas públicas. Após descobrir que poderia ser bolsista nos Estados Unidos, ele se formou em Ciências da Computação em Harvard, com bolsa de 100%, em 2020.

Arthur é o primeiro jovem brasileiro negro a se formar em Ciências da Computação na universidade. Durante o processo, ele estudou inglês sozinho e se preparou para prestar provas para 12 faculdades no exterior. Arthur foi aprovado em sete, incluindo Harvard, onde se formou, e Stanford, duas das melhores faculdades do mundo.

Atualmente, o mineiro trabalha em uma startup em Los Angeles, na Califórnia, e tem objetivo de abrir o próprio negócio.

“A mensagem é dar o primeiro passo, especialmente pra gente que vem do interior e estudou em escola pública. Tem a tendência de não acreditar em si mesmo, às vezes não temos referência, alguém que a gente olhe e vê as conquistas. Me usem como referência, tem que trabalhar, estudar, não é magica e nem coisa do outro mundo. Eu estudei pra caramba, estudei mais de 9 mil fatos pra isso. É isso, seguir persistindo e acreditando em você, em algum momento a sorte vira”, desabafou.

Leia mais