Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Justiça concede medida protetiva à Naiara Azevedo pela Lei Maria da Penha

A cantora denunciou o ex-marido Rafael Cabral por agressão e ameaça

A Justiça de Goiás concedeu o pedido de medida protetiva à cantora Naiara Azevedo contra o ex-marido, Rafael Cabral, com base na Lei Maria da Penha. De acordo com o comunicado dos advogados da artista, a determinação teve o intuito “de resguardar a integridade física, psíquica, patrimonial e moral” dela.

Confira o comunicado na íntegra:

A Justiça de Goiás deferiu medida protetiva em favor de Naiara de Fátima Azevedo contra o ex-marido, com base na Lei Maria da Penha, no intuito de resguardar a integridade física, psíquica, patrimonial e moral da artista.

A cantora é representada pela advogada Maria Luiza Póvoa Cruz, do escritório MLPC e Advogados Associados, nos procedimentos judiciais e extrajudiciais cabíveis. O divórcio entre a cantora e o ex-marido foi decretado em outubro de 2021.

Na madrugada desta quinta-feira (30/11), a advogada acompanhou a cantora na Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher de Goiânia, para formalização do referido pedido de medida protetiva e demais ocorrências, objetivando o amparo legal contra práticas de constrangimento ilegal, lesão corporal, injúria, ameaça, apropriação indébita e violência patrimonial que vem sofrendo”.

Nenhuma outra informação será prestada por parte do escritório de advocacia ou pela artista e seu porta-voz sobre o assunto, tendo em vista que os processos correm em segredo de justiça.

Em decorrência do fato citado acima, o show da artista que aconteceria neste sábado (02), no Vale de São Domingos (MT) será reagendado, mas ainda sem data prevista. As demais apresentações de Naiara Azevedo seguem inalteradas.

Maria Luiza Póvoa Cruz
 MLPC, Advogados Associados e Assessoria de Imprensa”.

Entenda

Naiara esteve em uma delegacia de Goiânia, em Goiás, na madrugada desta quinta-feira (30), e pediu medida protetiva contra o ex-marido, o ex-cunhado e qualquer familiar deles. Ela registrou boletim de ocorrência por constrangimento ilegal contra a dupla. As informações são do G1.

A artista esteve na Central de Flagrantes por volta de 1h e, logo em seguida, foi encaminhada para a Delegacia Especializada em Atendimento à Mulher (Deam). Lá, ela explicou que teve o acesso impedido a equipamentos de shows, que seus bens estavam em nome do ex e que ele havia ameaçado “acabar” com a carreira dela.

Após o pedido, o ex-marido e o ex-cunhado, além dos familiares deles, não podem se aproximar dela ou fazer qualquer tentativa de contato.

o registro policial, Naiara explicou que foi casada por dez anos, se separou em julho e que ela e o ex seguiam com a sociedade dos equipamentos das apresentações. Porém, na quarta-feira (29), o ex-cunhado determinou que os equipamentos fossem retirados da carreta e levados para um galpão - impossibilitando o acesso da cantora. Pouco depois, ela foi informada que teria que locar os equipamentos, caso precisasse deles.

Além disso, na declaração, Naiara disse que seus bens, incluindo casas e veículos de luxo, estão no nome do ex e que não possui acesso às informações das contas bancárias, que seriam movimentadas pelo ex e a família dele.

No depoimento, a artista disse que foi ameaçada “inúmeras vezes” pelo ex. Em uma delas, ele teria dito que acabaria com a carreira da cantora: “vou acabar com a sua vida, com a sua carreira e você nunca mais vai me ver.” O caso está sendo investigado pela Polícia Civil, conforme “o previsto na Lei Maria da Penha”.

Natasha Werneck é jornalista formada pelo Centro Universitário de Belo Horizonte (UniBH). Foi repórter de Política e Cultura do Jornal Estado de Minas e já atuou em portais como Hugo Gloss e POPline. Foi estagiária da Itatiaia e retornou à empresa em 2023, como repórter de Entretenimento.
Leia mais