Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Taylor Swift: fãs chegam cedo para fila mesmo com adiamento e tempo instável no RJ

Depois de dois dias caóticos com o calor chegando a 42,5°C no Rio, o público segue na esperança de que a artista subirá no palco neste domingo (19)

Ao que tudo indica, o show de Taylor Swift no Rio de Janeiro, neste domingo (19), segue confirmado - mesmo após o adiamento da apresentação de sábado (18). Apesar das incertezas se a artista vai subir ao palco do Estádio Nilton Santos, o Engenhão, ou não, os fãs chegaram cedo na fila com um tempo instável na cidade.

Pelo contrário do que foi o sábado (18), que a temperatura bateu recorde e chegou em 42,5°C, o domingo (19) amanheceu com muitas nuvens e ventania na cidade. Durante a manhã, a chuva começou e há previsão da água cair a qualquer momento do dia, de acordo com o Climatempo. Há ainda risco para impactos como alagamentos, transbordamentos de rios e deslizamentos.

O MetSul informou que o tempo melhora no decorrer da segunda-feira com a presença do sol acompanhado de nuvens e temperatura mais agradável e menos altas. “Volta a aquecer na terça com intenso calor na quarta e na quinta, mas distante dos valores observados no dia de ontem”, disse.

Alta temperatura

Na nota publicada nas redes sociais, Swift pontuou que a decisão de adiar o show desse sábado (18) foi tomada por causa das extremas temperaturas do Rio de Janeiro. A temperatura da cidade bateu novo recorde de calor, marcando 42,5°C. “Estou escrevendo isso do meu camarim no estádio. A decisão tomada foi de adiar o show que seria realizado hoje pelas extremas temperaturas no Rio”, afirmou.

A artista também disse, que para ela, o bem-estar dos fãs, dos parceiros e equipe devem estar em primeiro lugar.

Morte de fã

Além do risco à saúde das pessoas que estariam envolvidas no evento, outro motivo que pode ter levado a cantora cancelar a apresentação deste sábado (18), teria sido a morte de uma fã que passou mal durante a apresentação desta sexta-feira (17). A estudante de psicologia Ana Clara Benevides, de 23 anos, faleceu em decorrência de uma parada cardiorrespiratória. Ela chegou a ser atendida no estádio, foi transferida para o Hospital Municipal Salgado Filho. Os profissionais tentaram reanimá-la, mas não tiveram êxito.

O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, informou em vídeo publicado no ‘X”, antigo Twitter, que a artista também estaria muito abalada com a morte da jovem - o que teria a impossibilitado de se apresentar neste sábado (18).

Natasha Werneck é jornalista formada pelo Centro Universitário de Belo Horizonte (UniBH). Foi repórter de Política e Cultura do Jornal Estado de Minas e já atuou em portais como Hugo Gloss e POPline. Foi estagiária da Itatiaia e retornou à empresa em 2023, como repórter de Entretenimento.
Leia mais