Ouvindo...

Times

Ovacionada no Miss Universo, Maria Brechane já foi criticada e falou sobre isso em BH

Gaúcha compete pela faixa no Miss Universo na noite deste sábado (18); relembre bate-papo da Miss com a Itatiaia em BH

Maria Brechane, de 19 anos, é um dos destaques do Miss Universo que tem final marcada para este sábado (18), em El Salvador, país da América Central. Porém, antes de ir para o confinamento do concurso no início do mês, a gaúcha precisou enfrentar críticas sobre sua vitória no Miss Brasil. Ela esteve em Belo Horizonte em agosto e explicou em bate-papo com a Itatiaia como lida com os comentários negativos nas redes sociais.

“É claro que nós ficamos muito chateados. Eu, particularmente, quando se fala da competência. Eu me dediquei muito para esse sonho. Foi uma trajetória de muito tempo, não é de hoje que eu sonho com o Miss Brasil e o Miss Universo. Dei muito duro para conquistar e, quando as pessoas questionam o quanto você trabalhou ou o quanto você mereceu, acaba magoando um pouco”, revela a Miss.

Maria entende que nem sempre a crítica é algo direcionado à ela. “Têm coisas que não são para você. Tá tudo certo escolher uma pessoa para ser mais fã do que outra. O que eu acho importante incentivar é que nós devemos ficar todos juntos hoje. Eu represento o Brasil, não apenas um estado, eu represento todos nós. Juntos somos mais fortes aqui e sem dúvidas no Universo”, comenta.

A modelo, que estuda jornalismo, carrega, além da beleza, uma oratória impecável adquirida a partir de muito estudo. “Eu fui a mais jovem em todas as etapas do concurso e até agora eu sou a mais jovem no Miss Universo. Eu encaro isso de uma maneira muito bacana”.

Para Maria, existe um “tabu muito grande pela questão da maturidade”. Porém, ela acredita que a maturidade não tem relação com a idade, mas sobre o quanto a pessoa se dedica para tornar aquilo real. “Não vai me prejudicar porque é muita preparação, muito foco, muita determinação e acaba anulando esse ponto pequeno comparado a tantas outras grandes coisas”.

Ovacionada

Maria Brechane brilhou na etapa preliminar do Miss Universo nessa quarta-feira (15), em El Salvador, país da América Central, onde ocorre a 72ª edição do concurso. Ao se apresentar, a gaúcha mencionou o nome do país em Libras (Língua Brasileira de Sinais).

Desde o confinamento, a brasileira é mencionada como uns dos destaques da competição e a preliminar pode cravar a classificação dela no concurso, que o Brasil não avança há dois anos. Esta etapa foi o segundo contato direto das 85 misses com os jurados. No dia anterior, elas foram entrevistadas.

Com apenas 19 anos, Maria, que é a mais jovem a participar deste Miss Universo, chama atenção por sua segurança. Para o missólogo Eliezer Júnior, de 47 anos, que estuda concursos de beleza há três décadas, Maria é uma forte concorrente e tem um trunfo na competição. Segundo ele, que a acompanha desde a etapa estadual, a Miss Brasil tem um enorme “poder de comunicação”. “Ela fala muito bem no inglês e é muito desenvolta”, avalia.

Eliezer relembra ainda uma live que fez com Maria, onde ela falou que se classificar é mais do que um objetivo é sua meta pessoal. “Ela está trabalhando, está estudando tudo sobre os concursos passados para ela poder suprir o que ficou faltando. Além disso, ela disse que vai ainda mais longe. ‘Eu não quero só me classificar, minha meta é chegar no top 3’. Então eu estou muito confiante nessa determinação dela”, afirma.

Após a preliminar, a brasileira é garantida no seu TOP 5. “A Maria tá radiante, a sinergia tá contagiante e eu acho que vai ser bem difícil ela não avançar no concurso. Ela tá perfeita”, contou em bate-papo com a Itatiaia.

A primeira brasileira a vencer o Miss Universo foi a gaúcha Ieda Maria Vargas (1963) e a segunda a baiana Martha Vasconcellos (1968). Caso Maria Brechane vença, ela quebrará um jejum de 55 anos do país no concurso.

Patrícia Marques é jornalista e especialista em publicidade e marketing. Já atuou com cobertura de reality shows no ‘NaTelinha’ e na agência de notícias da Associação Mineira de Rádio e Televisão (Amirt). Atualmente, cobre a editoria de entretenimento na Itatiaia.
Leia mais