Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Onda de calor: incêndios florestais em Minas Gerais aumentam 133% em novembro

Mesmo fora do período de estiagem, bombeiros voltam a combater incêndios florestais no estado

As altas temperaturas provocadas pela recente onda de calor que atinge Minas Gerais, além da baixa incidência de volume de chuva no estado, considerada atípica para o mês de novembro, têm provocado incêndios florestais. De acordo com o levantamento realizado pelo Corpo de Bombeiros, e divulgado neste sábado (18), somente nos primeiros 15 dias deste mês, houve um aumento de 133%.

“O Corpo de Bombeiros já atendeu, somente nesta primeira quinzena, mais que o dobro de ocorrências se comparado aos últimos dois anos, o que representa um aumento de 133%.”

Com temperaturas variando entre 37°C e 40°C, em determinadas regiões do estado, a sensação térmica ultrapassa os 50°C, de acordo com os militares, durante o atendimento de combate a incêndio, “o que aumenta consideravelmente o desafio dos militares.”

A corporação conta com helicópteros e avião, modelo air tractor, com capacidade para 3 mil litros de água, além do o empenho dos militares por terra.

Alto do Mucuri

Desde o último domingo (12), o Corpo de Bombeiros em conjunto com brigadistas da Área de Proteção Ambiental do Alto do Mucuri e voluntários, vem atuando no combate a diversos focos de incêndios florestais dentro da Área de Proteção Ambiental (APA) nos municípios de Poté e Ladainha.

A 2ª Companhia de Bombeiros Militar (6°BBM), enviou três equipes para apoio aos combates que iniciam às 5h estendendo até as 16h. Os focos estão localizados em área de vegetação densa e terreno íngreme de difícil acesso, contando com o apoio da aeronave da PMMG.

“As equipes, além de realizar o combate direto aos focos de incêndio, confeccionaram aceiros para o combate indireto devido à grande extensão e proporção dos incêndios florestais. Ressalta-se que as equipes continuam mobilizadas até a eliminação total dos focos de incêndio.”

Serra do Papagaio

Na última segunda-feira (13), o Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais foi acionado para combater alguns focos de incêndio florestal no Parque Estadual Serra do Papagaio, na região do Morro Grande, Itamonte.

Na terça-feira (14), a operação de combate contou com o trabalho conjunto dos bombeiros, brigadistas e apoio aéreo, totalizando 42 envolvidos.

“As ações iniciais concentraram-se em um voo de avaliação para identificar focos remanescentes. Posteriormente, equipes mistas de bombeiros e brigadistas foram mobilizadas para o combate. Os focos de calor estavam localizados na Região Pedra Preta, nos municípios de Itamonte e Pouso Alto, com uma estimativa de área queimada de 50 hectares.”

Leia mais