Ouvindo...

Times

Vídeo: bandidos se passam por policiais para assaltar traficantes no Aglomerado da Serra

Tiroteio com três baleados pode ter relação com atuação dos falsos policiais

A polícia apura se o tiroteio que terminou com três pessoas feridas no Aglomerado da Serra, região Centro-Sul de Belo Horizonte, nesse domingo (23), tem relação com assaltos cometidos por falsos policiais militares em bocas de fumo de comunidades da capital . A informação foi apurada pela Itatiaia com fontes da Segurança Pública. A reportagem também teve acesso a vídeos que mostram a atuação dos falsos policiais em favelas de BH, como a Ventosa, lado Oeste da capital.

CLIQUE AQUI E ASSISTA!

Na noite desse domingo (23), três homens foram baleados na rua Doutor Camilo Antônio Nogueira, no São Lucas, entre eles está um criminoso apontado como chefe do tráfico em uma das áreas da região. Outro baleado é um suspeito de se passar por policial para assaltar as biqueiras. Ele foi atingido na cabeça e morreu. Um morador que passava pelo local no momento dos disparos foi atingido na perna. Seria a primeira vez que os suspeitos se passaram por polícia na Serra.

Leia também

A Itatiaia apurou que os ‘ladrões de bocas de fumo’ começaram a atuar em BH há cerca de dez dias. Eles chegam nas biqueiras, se identificam como policiais à paisana, abordam traficantes e levam dinheiro, drogas e armas. Ainda conforme apurado pela reportagem, os ladrões chegaram ao Aglomerado da Serra em um Onix branco, carro com as mesmas características do automóvel usados em outros assaltos em pontos de drogas de BH.

A assessoria da PM informou à Itatiaia que o Boletim de Ocorrência (BO) não consta ligação do tiroteio com assaltos em biqueiras, mas ressaltou que a investigação fica a cargo da Polícia Civil (PC). A reportagem aguarda posição da PC.

Leia também:


Participe dos canais da Itatiaia:

Repórter policial e investigativo, apresentador do Itatiaia Patrulha.
Leia mais