Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Cozinha mineira e rotas turísticas conquistam visitantes na WTM, maior feira de turismo da América Latina

Stand de Minas Gerais conquistou visitantes com fogão de lenha e comidas típicas; feira em São Paulo recebeu quase 30 mil profissionais de 40 países

Quem visitou o stand do estado de Minas Gerais na World Travel Marketing Latin America (WTM, na sigla conhecida no mercado) pode sentir o gostinho de estar numa cidade mineira. Um fogão de lenha recebia os visitantes, com várias delícias do estado - doce de leite, café e até pratos preparados na hora!

Ao longo dos três dias de WTM, entre 15 e 17 de abril, um time 100% feminino de cozinheiras mineiras comandou a ‘Cozinha Viva’, espaço que apresentou a vanguarda culinária do estado. As chefs responsáveis pela comida mineira, foram Maria da Consolação e Marlene Raimunda, do projeto Circuito Gastronômico de Favelas, e da chef Primatoca, de Araxá, e de Valdelícia Coimbra.

Quem foi ao local provou o ‘risoto uai’ uma costelinha ao molho de goiabada defumada e a canjiquinha, preparados pelo vice-governador de Minas, Professor Mateus, que participou da preparação dos pratos e conversou com a reportagem da Itatiaia.

“A cozinha mineira é central, não é à toa que os nossos stands [na WTM] têm a cozinha no centro. Tudo que aconteceu aqui foi encantador. Ter a oportunidade de cozinhar ao lado da Val, do lado da dona Marlene, da Pri e da Li, foi de muita satisfação”, declarou.

Ele também comentou a importância de ter o estado representado na WTM, feira em São Paulo que recebeu quase 30 mil profissionais de 40 países nos três dias de evento. “Minas está decidida a fazer crescer o turismo e se transformar em um destino nacional e ser conhecido internacionalmente e, claro, a WTM é importante nesse processo. A presença na WTM é principalmente para atrair novos investidores e novas oportunidades em Minas Gerais”, explicou.

Também presente no evento, o Secretário de Estado de Cultura e Turismo de Minas Gerais, Leônidas Oliveira, ressaltou o crescimento da procura por Minas Gerais como destino turístico e o diferencial do estado.

“Nós somos um dos estados que mais cresce e a base disso é a nossa cultura, nossos festivais, nossas festas populares. Todo esse crescimento dá uma ideia de casa, pertencimento e bem estar, que nós de Minas temos”, explicou.

“Em 2023 cerca de R$30 bilhões foram injetados na economia e, no Carnaval, mais de R$4 bilhões e ficamos ainda entre os três estados com mais turistas estrangeiros”, ressalta Leônidas.

A feira WTM

A World Travel Marketing Latin America chegou à sua 11ª edição e reuniu mais de 27 mil profissionais do turismo. O visitante se sentiu em uma viagem pelo Brasil e pelo mundo ao passar por estandes com exposições exclusivas de cada localidade.

O stand de Minas Gerais na WTM foi uma parceria entre o Sebrae e o Governo de Minas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura e Turismo (Secult), com o objetivo de promover o turismo do estado de Minas Gerais para atrair cada vez mais visitantes.

Além de MG, também estiveram na WTM representantes da Colômbia, Itália, Chile e de estados brasileiros, como Pará, Santa Catarina e Pernambuco. Todos apresentaram destinos turísticos, pacotes de viagens, rotas e muita cultura regional a representantes de estados e também do mercado de turismo, como agentes de viagens e imprensa especializada.

Minas Gerais promoveu três rotas prioritárias - a Rota Geoparque Uberaba, a Rota Bahia-Minas e a Rota Café do Cerrado Mineiro.

A Itatiaia viajou a convite do Sebrae Minas.

Leia também


Participe dos canais da Itatiaia:

Formada em jornalismo pelo Centro Universitário de Belo Horizonte (UniBH), já trabalhou na Record TV e Rede Minas. Atualmente é repórter multimídia da Itatiaia. Comunicativa e ligada as redes sociais, entretenimento e cidades.
Leia mais