Ouvindo...

Times

Jogo do Tigrinho: mulher diz que família perdeu mais de R$ 400 mil em apostas

A alagoana diz que o neto apostou o carro e as economias da família, e ainda aplicou um golpe na empresa em que trabalhava

Depois de uma operação da Polícia Civil de Alagoas que apreendeu bens de um grupo de influenciadores que divulgavam o Jogo do Tigrinho, uma mulher de Maceió contou aos agentes que todo o patrimônio da família foi perdido depois que o neto apostou tudo na plataforma - que é ilegal no Brasil. O prejuízo chega a R$ 400 mil.

Além de vender os bens da família, o neto da alagoana chegou a aplicar um golpe, vendendo uma moto para duas pessoas diferentes para levantar dinheiro para as apostas. Atualmente, ele está morando em outro estado para fugir de um agiota a quem deve R$ 50 mil.

Leia também

“Minha filha está em depressão, eu estou doente. Ele [o neto] está passando fome em outro estado. Minha família desmoronou e a família toda sofrendo por causa desse infeliz desse jogo”, disse a vítima.

A mulher lista o que foi perdido por causa do vício no Jogo do Tigrinho: “Perdeu o carro, o dinheiro que eu tinha no banco, por fim deu golpe na empresa que trabalhava de R$ 200 mil. Minha casa valia mais de R$ 300 mil e vendi, entreguei pelo débito. Nós perdemos tudo que tínhamos”.

Ela disse no depoimento que está doente, a filha dela em depressão e o neto “passando fome em outro estado”.

Operação ‘Game Over’

A operação da Polícia Civil de Alagoas foi deflagrada nesta segunda-feira (17), e teve como alvo um grupo de influenciadores que não tiveram seus nomes divulgados. Os agentes apreenderam veículos de luxo das marcas Porsche, e Volvo, além de uma lancha, smartphones, dinheiro e um passaporte.

O delegado Lucimério Campos, responsável pelas investigações, afirmou que o processo investigativo durou oito meses. “Esse tipo de jogo tem trazido uma verdadeira ruína nas finanças das pessoas”, avalia.

*Sob supervisão de Enzo Menezes


Participe dos canais da Itatiaia:

Paula Arantes é estudante de jornalismo e estagiária do jornalismo digital da Itatiaia.
Leia mais