Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Esposa morde dedo do marido durante relação sexual e é morta a facadas em SP

Mulher de 38 anos foi golpeada no pescoço e tórax após o ato sexual, enquanto dormia; autor confessou o crime e ainda revelou cadáver aos policiais

Uma mulher de 38 anos foi morta a facadas pelo marido, de 27 anos, após morder o dedo do companheiro durante a relação sexual na noite do último domingo (14), em Caconde, no interior de São Paulo. O autor fugiu logo após o crime, mas se entregou na manhã desta segunda-feira (15). A vítima será enterrada no interior de Minas Gerais, onde a família vive.

O suspeito procurou uma delegacia da Polícia Civil e confessou o crime aos agentes. Em depoimento, ele disse que estava tendo relações sexuais com a esposa e, durante o ato, ela teria mordido o dedo da mão esquerda dele. O homem não gostou do ato e, horas depois, enquanto ela dormia, deu facadas no pescoço e no tórax dela, fugindo em seguida.

Leia também

Após confessar o caso, o autor guiou os militares até à residência do casal, onde encontraram o corpo da vítima, identificada como Tatiéle de Cássia dos Reis Gonçalves. O autor foi preso em flagrante e deve responder na Justiça por feminicídio.

O corpo de Tatiéle foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) de São João da Boa Vista (SP). Ela será enterrada nesta terça-feira (16) em Palmeiral, distrito de Botelhos, no Sul de Minas, onde a família da vítima mora.


Participe dos canais da Itatiaia:

Jornalista formado pela UFMG, com passagens pela Rádio UFMG Educativa, R7/Record e Portal Inset/Banco Inter. Colecionador de discos de vinil, apaixonado por livros e muito curioso.
Leia mais