Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Ataque em creche em Blumenau (SC): testemunha relata momentos de terror

‘Quando subi no muro, vi quatro crianças no chão’, relatou proprietária de madeireira que fica próxima à creche

A movimentação é intensa em frente à creche de Blumenau, no Vale do Itajaí, em Santa Catarina, na manhã desta quarta-feira (5), depois que um homem, de 25 anos, matou quatro crianças entre 4 e 7 anos. O assassino se entregou à polícia após o massacre.

“Deveria ser umas 9 horas quando a gente escutou um carro de polícia com sirene ligada parar na frente da creche. Depois, desligou”, contou à Itatiaia Rita de Cássia Todesco Pereira, dona de uma madereira que fica próxima à a Bom Pastor, no bairro Velha.

Continue lendo mais sobre o tema:

Foi então que percebeu uma movimentação na porta da unidade escolar. “A gente começou a olhar e vimos uma movimentação estranha, umas pessoas olhando pelo muro da creche e se desesperando. Cheguei sem saber o que estava acontecendo. Quando subi no muro, olhei, vi quatro crianças no chão. Foi muito rápido. Só lembro de ter visto um anjinho com um machado na cabeça”, finalizou.

Veja o que sabemos até agora

  • Quatro crianças morreram

  • As crianças tinham entre 4 e 7 anos

  • As vítimas foram mortas com um machado

  • A creche fica na cidade Blumenau, em Santa Catarina

  • O assassino se entregou à polícia após o massacre

  • O autor do massacre tem 25 anos de idade

Investigação

  • A polícia investiga se outras pessoas participaram do massacre. O agressor, de 25 anos, teria sofrido um surto psicótico, segundo a polícia. Os investigadores vão extrair dados do celular e computador do autor do ataque para verificar se ele agiu sozinho e se houve planejamento do massacre.

A Rádio de Minas. Tudo sobre o futebol mineiro, política, economia e informações de todo o Estado. A Itatiaia dá notícia de tudo.
Leia mais