Ouvindo...

Times

A dois meses dos Jogos Olímpicos de Paris, preço da entrada para a Torre Eiffel sobe 20%

Redução do número de visitantes durante a pandemia e o aumento dos custos de renovação deste símbolo da França levaram a empresa operadora, SETE, ao déficit fiscal

A entrada à Torre Eiffel custará 20% a mais a partir do próximo dia 17, a fim de cobrir as obras urgentes de renovação. A decisão foi tomada nesta sexta-feira (24) pela Câmara Municipal de Paris, poucos meses antes dos Jogos Olímpicos de Paris 2024.

Os visitantes deverão pagar até 35,30 euros (196 reais na cotação atual) para subir de elevador até o topo deste monumento parisiense, em vez dos 29,40 (163 reais) atuais.

A redução do número de visitantes durante a pandemia de covid-19 e o aumento dos custos de renovação deste símbolo da França levaram a empresa operadora, SETE, ao déficit fiscal.

A Câmara Municipal de Paris também aprovou nesta sexta a recapitalização da SETE e reduziu a taxa anual cobrada pela gestão de um dos monumentos mais famosos do mundo.

Leia também

No início do ano, os funcionários da Torre Eiffel entraram em greve para protestar contra o que os sindicatos consideraram um investimento insuficiente, sobretudo levando em consideração os custos de manutenção.

A obra-prima do engenheiro Gustave Eiffel foi pintada 19 vezes desde sua construção para a Exposição Mundial de 1889. Eiffel recomendou este retoque a cada sete anos para evitar a ferrugem, mas a estrutura de ferro de 330 metros não é totalmente pintada desde 2010.

O número de visitantes voltou aos quase seis milhões no ano passado, após ter caído para 1,5 milhão em 2020 devido às restrições pandêmicas.

*Com informações de AFP


Participe dos canais da Itatiaia:

A Rádio de Minas. Tudo sobre o futebol mineiro, política, economia e informações de todo o Estado. A Itatiaia dá notícia de tudo.
Leia mais