Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Morre aos 59 anos Pelé, o golfinho fêmea mais longevo da Europa

Animal foi batizado de Pelé por sua habilidade de jogar bola e agarrar peixes no ar

golfinho

Na natureza, os golfinhos costumam viver em média 20 anos

Pixabay

Morreu aos 59 anos Pelé, golfinho fêmea mais longeva da Itália e da Europa, e uma das mais idosas do mundo em ambiente controlado.

A mamífera morava no parque temático Oltremare, em Riccione, Rimini, que comunicou a morte, destacando que na natureza os golfinhos costumam viver em média 20 anos, enquanto em ambiente controlado têm idade média de 40 anos.

Texana de origem, Pelé chegou à Itália em 1972 e foi batizada com esse nome por sua habilidade de jogar bola e agarrar peixes no ar.

Anos atrás, Pelé recebeu até mesmo uma cidadania honorária de Riccione.

“Fica a profunda dor da equipe, da direção e de todos os funcionários da empresa pela perda desse histórico animal”, lamentou o parque.

Leia mais