Ouvindo...

Times

Idosa faz cirurgia para remover excesso de pele e acorda com silicone nos seios

Moradora de Washington, nos EUA, ainda teve um ‘levantamento de bumbum brasileiro’ após cirurgia no México, destino de mulheres que querem economizar em operações do tipo

Uma idosa moradora de Washington, nos Estados Unidos, teve uma surpresa desagradável após uma cirurgia para retirada do excesso de pele flácida do corpo. Ao acordar da intervenção, realizada no México, ela percebeu que estava com implantes de silicones nos seios e havia ganhado um “levantamento de bumbum brasileiro”. As informações são da FoxTV.

Kimberly McCormick conta que, há 6 anos, passou por uma cirurgia de redução de peso em Tijuana, no México. Agora, ela decidiu voltar à mesma clínica para retirar o excesso de pele nos braços, coxas e barriga, o que é comum após este tipo de operação.

Ao acordar, a mulher percebeu que sentia muitas dores no peito e, ao olhar para baixo, percebeu os dois implantes de silicone. Chorando, Kimberly questionou o coordenador da clínica, que tentou convencer a mulher de que ela mesmo havia pedido pelo implante. Além disso, os cirurgiões haviam feito um “levantamento de bumbum brasileiro” e não havia retirado a pele solta nos braços e coxas. Kimberly ainda desenvolveu uma infecção grave por conta da sujeira no leito em que ela estava.

Misty Ann, filha de Kimberly, contou aos repórteres da Fox que homens “fortemente armados” obrigaram as duas a pagarem mais 2,5 mil dólares para que ela deixasse o hospital. A paciente ainda foi obrigada a assinar um documento em que autorizava as cirurgias indesejadas.

A mulher foi levada de carro até os Estados Unidos, onde foi internada em um hospital para o tratamento da infecção. Kimberly já voltou para casa e, enquanto se trata, faz um apelo para as outras mulheres que buscam cirurgias plásticas baratas no México: “Por favor, não vá. Os poucos milhares de dólares que você vai economizar não valem a pena.”

Jornalista formado pela UFMG, com passagens pela Rádio UFMG Educativa, R7/Record e Portal Inset/Banco Inter. Colecionador de discos de vinil, apaixonado por livros e muito curioso.
Leia mais