Ouvindo...

Times

Comentarista detona diretoria do Corinthians por saída de Cássio: ‘Deixam a Deus dará'

Ídolo vitorioso do Timão, goleiro deixará o clube e tem o Cruzeiro como provável destino

Ídolo do Corinthians, Cássio está de saída do clube paulista e deve reforçar o Cruzeiro. A maneira com que a despedida do goleiro está sendo administrada gerou diversas críticas à diretoria do Timão, que teve sua postura contestada por Juca Kfouri, comentarista do UOL.

“Problema do Cássio vem desde o dia que se elegeu este cidadão que desgoverna o Corinthians. Foi capaz de piorar o que já era péssimo. Parecia impossível alguém ser pior que Duílio e ele é pior. O empresário do Cássio, que está processando o Corinthians por justa razão, está no meio disso tudo. Deixam o Cássio à Deus dará, ele vira o bode expiatório”, disparou.

Cássio teve seu desempenho contestado e perdeu sua titularidade no Corinthians. Para o comentarista, a diretoria deveria ter “blindado” o ídolo, que passava por um momento difícil nos gramados.

“A direção do Corinthians não o blinda, até porque não se interessava, queriam entregá-lo às feras. Olha para ele como alguém de quem quer se livrar”, completou.

Por fim, Juca criticou a maneira com que o Timão trata os ídolos do clube e citou os exemplos de Neto e Rivelino. Para o comunicador, o Cássio merecia uma grande homenagem, antes de sua saída.

“Vem o Cruzeiro e faz uma proposta de três anos de salário, é óbvio que a família dele e ele se interessem por mudar de ares. O que é preciso fazer agora, já que mantê-lo parece impossível? É achar uma maneira dele sair direito do Corinthians. Não sair como Rivelino, como Neto, como tantos. O Corinthians nunca tratou bem seus ídolos, o Cássio merece uma estátua na porta de Itaquera, mas nada indica que será assim”, concluiu.

Presidente confirma saída de Cássio

Pela primeira vez em caráter oficial, o Corinthians confirmou a saída do goleiro Cássio. Em entrevista a diversos veículos de imprensa na saída do CT Dr. Joaquim Grava, o presidente Augusto Melo comentou a saída do jogador.

“O que for melhor para ele, sempre. Uma pena, ídolo nosso, mas faz parte. Vida que segue, que seja feliz. É nosso maior ídolo, tentamos de tudo. Prevaleceu a vontade dele, a gente apoia sempre, desejamos tudo de melhor”, disse Augusto Melo.

Ainda segundo o dirigente, maiores dúvidas quanto aos moldes da saída serão esclarecidas neste sábado (18). Uma entrevista coletiva no CT do Timão, com as presenças de Cássio e Augusto Melo, deve ser confirmada nas próximas horas.

História no Corinthians

Tratado por muitos como maior jogador da história do Corinthians, Cássio deixa o clube com 712 jogos e títulos de relevância no currículo.

O goleiro conquistou o Mundial de Clubes da Fifa e a Copa Libertadores, em 2012; a Recopa Sul-Americana, em 2013; dois Campeonatos Brasileiros, em 2015 e 2017, além de quatro Estaduais (2013, 2017, 2018 e 2019).

Leia também


Participe dos canais do Itatiaia Esporte:

Jornalista em formação na UFMG. Apaixonado por futebol e esportes em geral.
Jornalista formado pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. Responsável por acompanhar o dia a dia de Corinthians e Santos pela Itatiaia Esporte. Passagem também como repórter do portal Meu Timão
Leia mais