Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

SporTV marca data para estreia de nova comentarista; saiba quem é

Jordana Araújo, de 30 anos, fará a sua estreia ao lado do narrador Henrique Guidi nesta sexta-feira (8)

Captura de tela 2023-12-08 151911.png

Renato Pizzutto/Band Esporte Clube

Os canais Sportv passarão a ter um novo rosto em seu grupo de comentaristas. Jordana Araújo, de 30 anos, fará a sua estreia ao lado do narrador Henrique Guidi nesta sexta-feira (8). A jornalista estará na transmissão de Ferroviária x Santos, em partida válida pela última rodada da fase de grupos da Brasil Ladies Cup. A bola rola às 18h30 (horário de Brasília).

Jordana é nascida e criada na Grande São Paulo, nas periferias de Osasco. A comunicadora contou detalhes de sua trajetória ao UOL, e revelou que o objetivo de trabalhar com jornalismo era um sonho antigo. No entanto, antes de estudar jornalismo, trabalhou como babá, recepcionista, arquivista e no Ceagesp.

Dificuldades e mudanças de planos

Logo no início de seu caminho na universidade, a jornalista precisou trancar o curso em 2015 por conta de uma gravidez, que daria origem a Pietro, seu filho de oito anos de idade.

“Sempre fui muito de falar de futebol e dessa paixão pelo jornalismo. Escutava que eu não iria conseguir por ser da periferia de Osasco, por ser uma mulher preta. Sou de 1993 e minha infância passa pelo início dos anos 2000. Naquela época a gente tinha pouquíssimas mulheres como referência no jornalismo esportivo”, detalhou.

Jordana reforçou as dificuldades que enfrentou em seu percurso profissional, mas ainda assim seguiu focada em seu objetivo.

“Isso servia para reforçar ainda mais esses tipos de comentários. Ouvi muito frases como: ‘Esse espaço não foi feito para mulher'; ‘Futebol é coisa de homem’. Minha mãe sofria muita represália também por conta disso, por apoiar esse meu sonho. As pessoas usavam muito disso para tentar me desencorajar, mas em nenhum momento eu deixei de acreditar”, afirmou.

Início no jornalismo

Após a pausa, necessária para passar pela gestação, Jordana voltou aos estudos em 2019. As primeiras oportunidades surgiram no canal da FPF (Federação Paulista de Futebol), onde passou a comentar partidas nas transmissões do Paulistão Feminino. O projeto tinha como objetivo colocar apenas mulheres da cobertura das partidas.

Posteriormente, entrou no Grupo Bandeirantes como estagiária e foi efetivada. Na Band News FM, foi repórter e participou do programa Band Esporte Clube, exibido na TV aberta nos sábados a tarde. Foi esta experiência que chamou atenção do Grupo Globo.

“Quando eu fui contratada pela Globo, nossa família chorou bastante. Foi um ano muito delicado para o meu pai, que tratou um câncer. Ele foi uma das poucas pessoas para quem eu contei quando estava em período de negociação”, contou.

Jordana destacou a importância da Ladies Cup para o cenário do futebol feminino e de se ter cada vez mais mulheres nas transmissões esportivas.

"É muito importante cada vez mais ter espaço na mídia, permitir mais acesso aos torcedores”
Jordana Araújo, em entrevista ao UOL

“Eu venho do futebol feminino e ver as mulheres ganhando cada vez mais espaço nas transmissões ao mesmo tempo em que a modalidade vai se desenvolvendo é muito legal. A Ladies Cup é um campeonato muito interessante, pois nele já dá para perceber também as ideias e projetos dos clubes para o ano que vem”, conclui.

Jornalista em formação na UFMG. Apaixonado por futebol e esportes em geral.
Leia mais