Ouvindo...

Times

‘Roubado’, diz Hamilton sobre título perdido para Verstappen na Fórmula 1

Piloto britânico relembra episódio acontecido no GP de Abu Dhabi em 2021

Heptacampeão da Fórmula 1, Lewis Hamilton falou sobre uma polêmica vivida por ele na principal categoria do automobilismo mundial. Trata-se da disputa do título da temporada 2021 entre ele e Max Verstappen, da Red Bull.

Em entrevista concedida a revista GQ Sports, Hamilton falou sobre sua vida pessoal, aposentadoria e fatos ligados à sua carreira na Fórmula 1.

Um destes tópicos, foi o GP de Abu Dhabi, em 2021. A corrida foi a última da temporada, e decidia quem seria o campeão da temporada - considerada por muitos a mais emocionante dos últimos tempos.

Questionado se havia sido roubado naquele GP, Hamilton foi incisivo.

“Se eu fui roubado? Óbvio. Quer dizer, você (entrevistador) conhece a história. Mas acho que o que foi muito bonito naquele momento, que eu tirei dele, foi que meu pai estava comigo. E passamos por essa enorme montanha-russa da vida juntos, altos e baixos. Eu obviamente fui parabenizar Max (pelo título), e não percebi o impacto que isso teria, mas também estava realmente consciente de, tipo, há um mini-eu assistindo. Este é o momento decisivo da minha vida. E acho que realmente foi. Eu senti isso. Eu não sabia como isso ia ser percebido. Eu não tinha visualizado. Mas eu definitivamente estava consciente de: esses próximos 50 metros que eu ando é onde eu caio no chão e morro – ou eu me levanto.”, disse o britânico.

Apesar de se sentir indignado com o resultado da corrida, o futuro piloto da Ferrari se diz em paz hoje em dia.

“Se eu vejo um clipe, ainda sinto. “Mas estou em paz com isso.”, falou Hamilton.

A temporada

Lewis Hamilton e Max Verstappen chegaram ao GP de Abu Dhabi de 2021, com o mesmo número de pontos na classificação, 369.5 cada um. Sendo assim, quem vencesse a prova se sagraria campeão da temporada. Desde 1974 dois pilotos não chegavam à última corrida do ano empatados em pontos. Clay Regazoni e Emerson Fittipaldi foram os últimos a disputar o título nesta condição. O brasileiro se sagrou campeão da temporada.

Vale ressaltar que ambos chegaram com a pontuação “quebrada” devido a suspensão do GP da Bélgica causada pelas fortes chuvas. Como não havia sido disputada 75% da prova antes da interrupção, a corrida teve apenas metade dos pontos distribuídos. Com isso, Verstappen, que ocupava a primeira posição da etapa antes da interrupção, somou 12,5 pontos. Já Hamilton, que ocupava a segunda posição, somou 7,5 pontos.

Os pilotos fizeram uma temporada bastante acirrada naquele ano. Max Verstappen havia vencido 8 provas ao longo do ano. Já Lewis Hamilton chegava à prova final da temporada com 7 vitórias conquistadas.

A corrida

O holandês Max Verstappen fez o melhor tempo na classificação e largou na pole position, enquanto Lewis Hamilton largou na segunda posição.

Logo no início da prova, Hamilton largou melhor e tomou a primeira posição de Verstappen. Ambos chegaram a se tocar ainda na primeira volta, mas nenhum dos carros foi danificado e nenhuma punição foi aplicada aos pilotos.

A cinco voltas do fim da corrida, Nicolas Latifi colidiu contra a barreira de proteção da pista. A batida ocasionou a entrada do safety car na pista, e deu início ao drama de Hamilton. O britânico estava na primeira posição, e Max ocupava a segunda colocação. Até este momento, o piloto da Mercedes chegava ao octacampeonato da categoria, mas as coisas estavam prestes a mudar.

Verstappen foi para os boxes logo após a colisão e trocou o composto de pneus. Hamilton optou por continuar na pista e ficou com pneus mais desgastados para o fim da prova.

De acordo com o regulamento vigente à época, todos os carros teriam que ultrapassar o safety car antes da relargada e não somente os carros entre Hamilton e Verstappen.

A princípio, o controle da prova não permitiu que os retardatários ultrapassassem o safety car antes da relargada. Posteriormente a direção decidiu que apenas os carros entre Hamilton e Verstappen passassem o safety car.

Na retomada da prova, Hamilton e Verstappen tiveram uma volta para decidir o título da temporada. Verstappen ultrapassou Hamilton, venceu a corrida e se sagrou campeão da Fórmula 1 pela primeira vez na carreira.

Leia também

Participe dos canais da Itatiaia Esporte:

Jornalista em formação pelo Centro Universitário UNA. Acumula passagens pela Web Rádio Neves FM e Portal Esporte News Mundo, como setorista do América, além de possuir experiência em coberturas in-loco e podcast. Apaixonado por automobilismo e esportes americanos.
Leia mais