Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

São Paulo ainda paga dívida milionária a Daniel Alves, condenado por agressão sexual

Clube tem pendências financeiras por passagem do jogador entre 2019 e 2021 e deposita R$ 450 mil mensais

Condenado a 4 anos e seis meses por agressão sexual na Espanha, o lateral-direito Daniel Alves recebe R$ 450 mil por mês do São Paulo.

O valor é referente à dívida que o clube tem pela passagem do atleta entre 2019 e 2021.

A informação foi confirmada pelo presidente tricolor, Julio Casares, em entrevista à Folha de São Paulo, veiculada no último domingo (18).

“Todo mês, por exemplo, eu pago R$ 450 mil para o Daniel Alves, que hoje enfrenta problemas na Justiça na Espanha”, disse.

“Na saída dele, fizemos uma confissão de dívida e um acordo que baixou a dívida para R$ 25 milhões. Estamos pagando”, acrescentou.

Daniel Alves deixou o São Paulo em setembro de 2021, quando ainda restavam 15 meses de contrato com o clube.

A rescisão, segundo informações veiculadas à época, define que o jogador receberia a dívida em 40 parcelas. Desde então, já se passaram 29 meses.

Pelo Tricolor, Daniel Alves fez 95 jogos e dez gols. Em 2021, ele conquistou o título do Campeonato Paulista.

Brenno Costa é jornalista multimídia formado pela Universidade Católica de Pernambuco e pós-graduado em comunicação e marketing pela Estácio. Atualmente, é correspondente da Itatiaia em São Paulo. Antes, trabalhou na Folha de Pernambuco, Diario de Pernambuco/Superesportes e no Globo Esporte.
Leia mais