Ouvindo...

Times

Veja o que o Grêmio precisa para se classificar na Libertadores

Com zero pontos, o Tricolor é o último colocado no Grupo C da competição

Vencer o Estudiantes, nesta terça-feira (22), em La Plata, na Argentina, pela terceira rodada do grupo C da Copa Libertadores é crucial para o Grêmio garantir vaga à próxima fase da competição. Isto porque, o Tricolor está em última colocação da chave com zero pontos.

No entanto, os gremistas não devem jogar a toalha ainda, independente do resultado na Argentina. Isto porque, analisando as classificações dos segundos colocados dos grupos nos últimos dois anos da Libertadores, é possível que o Tricolor consiga avançar com uma pontuação menor.

Nas duas últimas edições da disputa da América, em 2022 e 2023, o segundo colocado com menor pontuação das chaves avançou à fase eliminatória com sete e oito pontos, respectivamente.

Em 2023, o River Plate, da Argentina, e o Deportivo Pereira, da Colômbia, foram às quartas com sete pontos. Já em 2022, o Emelec, do Equador, o Vélez Sarsfield, da Argentina, e o Cerro Porteño, do Paraguai, avançaram à fase eliminatória com oito pontos.

Assim, o Grêmio poderia até mesmo perder para o Estudiantes, e garantir a vaga caso vença as últimas três rodadas da fase de grupos, que tem as últimas duas partidas na Arena, em Porto Alegre.

No entanto, para isso, o Tricolor também precisaria secar os seus adversários da chave C. O próprio Estudiantes é o segundo colocado com quatro pontos, logo, nesta matemática, com uma vitória a mais, o time argentino também avançaria às quartas. Assim, o confronto que é decisivo, fica ainda mais acirrado para o Tricolor.

Histórico

Além das probabilidades de pontos, que dependendo do ponto de vista, é positiva para o Tricolor. O Grêmio tem também a seu favor o histórico. Mesmo que o Estudiantes tenha a mística de La Plata no fator casa pesando para si, os gaúchos tem um histórico melhor no confronto.

Na história, Estudiantes e Grêmio se enfrentaram em dez oportunidades. Destas, o Tricolor venceu cinco vezes, perdeu outras três e empatou duas.

Leia também


Participe dos canais do Itatiaia Esporte:

Gaúcha de Porto Alegre, Mauri Dorneles é formada em Jornalismo pela PUC-RS e trabalha como correspondente do portal Itatiaia Esporte no Sul do Brasil. Também cursou Cinema. Antes da Itatiaia, passou por Correio do Povo, Record RS, Rádio Grenal, RBS TV e Band.
Leia mais