Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Flamengo desafia histórico na altitude em ‘final’ contra o Bolívar

Rubro-Negro não tem retrospecto positivo acima dos 3 mil metros acima do nível do mar, condição na qual enfrentará o Bolívar, nesta quarta (24), pela Libertadores

O Flamengo terá o compromisso de atuar a mais de 3 mil e 600 metros acima do nível do mar, nesta quarta (24), diante do Bolívar-BOL. A partida em La Paz é considerada chave no Grupo E da Libertadores, e o time de Tite, com estratégia traçada para a missão, desafiará o histórico do clube em “altas altitudes” como a da capital boliviana.

Em sua história, o Flamengo atuou seis vezes acima dos 3 mil nível do mar na Libertadores. São quatro vitórias, um empate e uma única vitória. O triunfo foi, justamente, na última vez na qual o Rubro-Negro “subiu a montanha": 1 a 0 sobre o San José, em Oruro, na Bolívia, em 2019. Confira todos os jogos do time nestas condições abaixo.

Para encarar a altitude de La Paz, o Flamengo adotará a estratégia da Seleção Brasileira para partidas das Eliminatórias Sul-Americanas adotada pela comissão técnica de Tite, que dirigiu a Amarelinha entre 2016 e 2022. A delegação embarca para a Bolívia nesta terça (23), mas só subirá à capital horas antes do jogo - saiba os detalhes.

Bolívar se prepara para decisão

Além da altitude, o Flamengo terá um adversário forte como adversário. Em 2023, o Bolívar chegou às quartas de final da Libertadores e, nesta temporada, quer fazer história. Assim, a partida é encarada como uma decisão em La Paz.

“Quarta jogamos todos” e “Todos ao Siles” são algumas das mensagens publicadas pelo Bolívar, nas redes sociais, nos últimos dias.

Após duas vitórias, o Bolívar recebe o Flamengo como líder do Grupo E da Copa Libertadores. O Rubro-Negro é o segundo colocado, com quatro pontos. Millonarios-COL e Palestino-CHI completam a chave. Veja a classificação completa aqui.

Leia também

Os jogos do Flamengo acima dos 3 mil metros do nível do mar

  • Libertadores de 1983 - Bolívar 3 x 1 Flamengo, em La Paz (3.640 metros acima do nível do mar)
  • Libertadores de 2007 - Real Potosí 2 x 2 Flamengo, em Potosí (4.090 metros acima do nível do mar)
  • Libertadores de 2008 - Cienciano 3 x 0 Flamengo, em Cusco (3.360 metros acima no nível do mar)
  • Libertadores de 2012 - Real Potosí 2 x 1 Flamengo, em Potosí (4.090 metros acima do nível do mar)
  • Libertadores de 2014 - Bolívar 1 x 0 Flamengo, em La Paz (3.640 metros acima do nível do mar)
  • Libertadores de 2019 - San José 0 x 1 Flamengo, em Oruro (3.700 metros acima do nível do mar)

Participe dos canais do Itatiaia Esporte:

Jornalista e correspondente da Itatiaia no Rio de Janeiro. Apaixonado por esportes, pela arquibancada e contra torcida única.
Leia mais