Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Landim convida Textor para amistoso e brinca: ‘Falei para vir com a camisa do Flamengo’

Presidente do Flamengo, Rodolfo Landim afirma que conversa com frequência com John Textor, proprietário da SAF do Botafogo

FotoJet (39).jpg

Rodolfo Landim e John Textor, presidente do Flamengo e proprietário da SAF do Botafogo, têm boa relação

Marcelo Cortes/Flamengo e Vítor Silva/Botafogo

Acompanhando de perto a pré-temporada do Flamengo em Orlando, nos Estados Unidos, Rodolfo Landim atendeu a imprensa nesta quinta (25). No papo com os jornalistas, o presidente rubro-negro revelou que tem conversado com frequência com John Textor e que, inclusive, o proprietário da SAF do Botafogo deve comparecer ao amistoso do próximo sábado (27), entre Flamengo e Orlando City.

“Falo com ele (John Textor) sempre. Falei com ele ontem (quarta, 24). Falei com ele hoje. Acho que virá ver o jogo do Flamengo comigo aqui. Está nas Bahamas, mas está vindo para cá. Falei para vir vestido com a camisa do Flamengo, mas ele disse que não. Que vestirá da Seleção Brasileira”, brincou Rodolfo Landim.

Rodolfo Landim, contudo, havia sido questionado se havia conversado com John Textor por outro motivo. O Botafogo demonstrou interesse em contratar Matheuzinho, lateral-direito que está sem espaço no grupo de Tite e esteve próximo do Corinthians, mas os clubes não superaram as divergências.

Além disso, foi noticiado que a Eagle Holding Football, rede multiclubes gerida por Textor, também tem interesse em Luiz Henrique, atacante do Bétis, da Espanha, com que o Flamengo negocia desde o início do ano. Sobre o mercado de transferências, o presidente do Flamengo foi vago.

‘Luiz Henrique é um bom jogador. O fato dele estar interessado é natural. O Flamengo também está interessado. É natural que outros clubes também, mas não conversei com ele sobre isso”, completou Landim.

Por fim, Rodolfo Landim reforçou que o contato com John Textor, proprietário da SAF do Botafogo desde 2022, é em função do desejo de ambos na melhoria do produto do futebol brasileiro.

"(Conversamos) Muito sobre como podemos fazer para melhorar a qualidade do produto do futebol brasileiro. É um investidor, tem a cabeça de investidor e tem o interesse em aumentar a qualidade no produto do futebol brasileiro. Nesse ponto, somos super alinhados”, explicou Rodolfo Landim.

“O Flamengo continua crescendo suas receitas, mas só vai continuar a crescer se conseguirmos melhorar a qualidade do nosso produto. Se conseguirmos transformar esse produto em um bom produto de exportação para atingir outros mercados”, completou o presidente do Flamengo, cujo orçamento para 2024 foi divulgado nesta quarta com previsão de R$ 1 bilhão em receitas recorrentes. Veja os detalhes aqui.

Leia Também

Participe do canal da Itatiaia no Whatsapp e receba as principais notícias do dia direto no seu celular. Clique aqui e se inscreva.

Jornalista e correspondente da Itatiaia no Rio de Janeiro. Apaixonado por esportes, pela arquibancada e contra torcida única.
Leia mais