Ouvindo...

Times

Marlon, do Cruzeiro, reage à expulsão e revela diálogo com Gilberto, do Bahia

Lateral levou mais um cartão vermelho no Brasileiro, mas se defendeu após a derrota para o Bahia

O lateral-esquerdo Marlon, após a derrota do Cruzeiro por 4 a 1 para o Bahia, neste domingo, na 11ª rodada do Campeonato Brasileiro, justificou sua expulsão na Arena Fonte Nova, em Salvador.

Após receber o segundo cartão vermelho em um intervalo de quatro jogos, o lateral afirmou que não teve intenção de acertar Gilberto, lateral-direito do Bahia.

“Hoje, em um lance de proteção, tive mais azar do que intenção de lesionar o companheiro. Complicado em um momento como esse, não sou jogador que tem perfil de ser expulso muitas vezes na minha carreira”, disse, em entrevista na zona mista da Arena Fonte Nova.

Marlon voltou a ser expulso em jogo do Cruzeiro no Campeonato Brasileiro. Aos 24 minutos do segundo tempo contra Bahia, o camisa 3 acertou com a sola do pé a perna do lateral-direito Gilberto.

O lance do cartão vermelho aplicado pelo árbitro Paulo Belence Alves dos Prazeres Filho teve auxílio do árbitro de vídeo (VAR), Rodrigo Nunes de Sá.

“Contra o São Paulo eu dei uma entrada forte no Calleri e fui expulso merecidamente. Em uma sequência curta de jogos, eu tenho mais uma expulsão. Quando essas coisas acontecem não tem muito o que fazer, escutar o que as pessoas tem para falar, cada um fala o que quiser. Eu sei do meu trabalho, do percurso que percorri para chegar até aqui”, frisou.

Essa foi a segunda expulsão de Marlon em um intervalo de 21 dias. Antes, o lateral havia sido retirado de campo na derrota por 2 a 0 para o São Paulo, no dia 2 de junho, na sétima rodada do Campeonato Brasileiro.

“Não vou deixar de fazer as coisas que eu faço, sou o mesmo jogador quando ganho, quando perco e quando falo também. O Gilberto é meu amigo de profissão, colega de muitos anos. Diante do juiz ele disse que não tive intenção de machucá-lo. Como eu disse, eu fui parar para me proteger, lance em que ele vai dividir uma bola, ele chutou a bola antes. Meu pé pegou nele e eu fui expulso. Estou chateado, mas não tem o que fazer. Tenho que seguir trabalhando, melhorar e procurar evoluir para ajudar o Cruzeiro”, concluiu.

Por causa da expulsão, Marlon será desfalque certo do Cruzeiro contra o Athletico-PR, na próxima quarta-feira (26), às 16h (de Brasília), no Mineirão, pela 12ª rodada do Brasileirão.

Leia também


Participe dos canais do Itatiaia Esporte:

Guilherme Piu é jornalista esportivo com experiência multiplataforma: digital, revista, rádio e TV. Tem dois livros publicados e foi premiado em festivais de cinema no Brasil e no exterior, dentre eles o Cinefoot. Cobriu grandes eventos, como Copa do Mundo, Olimpíada, Copa América e torneios de futebol. Passou por Hoje em Dia, Uol e Revista Placar.
Nuno Krause é correspondente da Itatiaia na região Nordeste. Formado pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), acumula passagens por Bahia Notícias, Jornal A TARDE e Rádio Salvador FM. Atua no jornalismo esportivo desde 2019.
Leia mais