Ouvindo...

Times

Cruzeiro sai na frente, mas sofre com expulsão e é goleado pelo Bahia no Brasileiro

Time celeste perdeu a chance de vencer um adversário direto fora de casa e entrar no G4 da competição

O Cruzeiro até saiu na frente neste domingo (23), mas sofreu a virada e foi goleado pelo o Bahia na Arena Fonte Nova, em jogo válido pela 11ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. A expulsão de Marlon, aos 24 minutos do segundo tempo, foi crucial para o resultado de 4 a 1 favorável à equipe tricolor.

O placar coloca o Bahia novamente dentro do G4 do Brasileirão, agora com 21 pontos. Já a Raposa segue fora da zona de classificação para a Copa Libertadores, com 17 pontos e um jogo a menos em relação à maioria dos adversários.

O time treinado por Fernando Seabra começou melhor na Fonte Nova. Com Gabriel Veron, abriu o placar logo aos 13 minutos da etapa inicial. No entanto, desperdiçou chances de ampliar o placar e pagou o preço.

Ainda no primeiro tempo, o Bahia empatou com Thaciano, em jogada pouco trabalhada. Depois da expulsão do jogador cruzeirense, contudo, o Tricolor fez da Fonte Nova seu caldeirão e alcançou a virada aos 32 do segundo tempo. Biel e Estupiñan mataram o jogo com com os terceiro e quarto gols.

O Cruzeiro volta a campo na próxima quarta-feira (26), às 19h (de Brasília), para enfrentar o Athletico-PR, no Mineirão, em jogo válido pela 12ª rodada do Brasileiro. O Bahia também jogará na quarta, mas às 21h30, contra o Vasco, na Fonte Nova.

Cruzeiro escalado com novidade

O técnico Fernando Seabra escalou a Raposa para o confronto deste domingo com uma novidade. Poupado por desgaste muscular diante do Fluminense, o volante Lucas Romero retornou ao time titular.

Bahia sem Everton Ribeiro

Já o Bahia começou a partida sem o capitão Everton Ribeiro. O meia foi poupado pelo técnico Rogério Ceni, após uma maratona de jogos, e ficou no banco de reservas.

Cruzeiro abre o placar!

O Cruzeiro abriu o placar aos 13 minutos de jogo. Gabriel Veron recebeu de William em profundidade pela direita, deu lindo drible em Gabriel Xavier, invadiu a área e venceu Marcos Felipe com um chute no ângulo. O lance ainda chegou a ser anulado por impedimento. Após consulta do VAR, contudo, constatou-se que a posição do camisa 30 celeste era legal.

Matheus Pereira vacila

Aos 18 minutos, Matheus Pereira chegou com muita liberdade na entrada da área, e tinha Robert sozinho passando pela esquerda. O camisa 10, porém, optou por finalizar e mandou direto para fora.

Anderson faz boa defesa

O Bahia chegou com perigo pela primeira vez aos 34 minutos. Jean Lucas chutou de muito longe, no ângulo, e o goleiro Anderson fez bela defesa.

Gol do Bahia! Mas não valeu

Logo na sequência, o Esquadrão de Aço chegou a marcar o gol de empate. Após cobrança de escanteio, Anderson afastou e Jean Lucas finalizou para o fundo das redes. O lance, no entanto, já estava impugnado por falta no goleiro da Raposa.

Gabriel Veron perde grande chance

O segundo gol do Cruzeiro poderia ter saído aos 44 minutos. Matheus Pereira encontrou belo passe para Gabriel Veron, que, na cara do gol, esqueceu de chutar e perdeu a bola.

Bahia empata o jogo

O Bahia empatou a partida aos 54 minutos da etapa inicial. Everaldo recebeu pela direita, cruzou com desvio e a bola sobrou limpa para Thaciano cabecear para o gol.

Na trave!

Quem voltou melhor para o segundo tempo foi o time tricolor. Aos 9 minutos, Everaldo arriscou de direita, da entrada da área, e a bola explodiu na trave.

Marlon é expulso

O Cruzeiro ficou com um homem a menos dentro de campo aos 24 minutos da etapa final. Marlon deu uma solada na canela de Gilberto, do Bahia, e, após consulta do árbitro ao VAR, recebeu o cartão vermelho direto.

Virada tricolor

A virada tricolor veio aos 32 minutos do segundo tempo. Ademir cruzou na segunda trave, Biel cabeceou para a pequena área e Estupiñan apareceu livre para cabecear para dentro.

Biel matou o jogo

Qualquer possível reação celeste foi silenciada aos 45. Biel recebeu dentro da área, fez grande jogada e finalizou no canto de Anderson para matar o jogo e garantir a vitória do Bahia.

Virou goleada

A goleada foi sacramentada no minuto final da partida. Ademir ganhou na corrida e deixou Estupiñan na boa para marcar o quarto gol tricolor.

Bahia 4 x 1 Cruzeiro

Bahia

Marcos Felipe; Gilberto (Ademir), Gabriel Xavier, Kanu e Luciano Juba; Caio Alexandre, Jean Lucas, Carlos de Pena (Biel) e Cauly (Everton Ribeiro); Thaciano (Estupiñan) e Everaldo (Cicinho). Técnico: Rogério Ceni.

Cruzeiro

Anderson; William (Japa), Zé Ivaldo, João Marcelo e Marlon; Lucas Silva (Arthur Viana), Lucas Romero (Vitinho), Ramiro e Matheus Pereira; Gabriel Veron (Arthur Gomes) e Robert (Villalba). Técnico: Fernando Seabra.

Gols

Thaciano (54min1ºT), Estupiñan (32min2ºT e 51min2ºT) e Biel (45min2ºT), para o Bahia
Gabriel Veron (13min1ºT), para o Cruzeiro

Cartões amarelos

Lucas Silva, Gabriel Veron e Ramiro (Cruzeiro)

Cartão vermelho

Marlon (Cruzeiro)

Público: 34.609 pagantes
Renda: R$ 954.829,50
Motivo: 11ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro
Data: 23 de junho de 2024 (domingo), às 16h (de Brasília)
Local: Arena Fonte Nova, em Salvador (BA)

Árbitro: Paulo Belence Alves dos Prazeres Filho (PE)
Auxiliares: Fabricio Vilarinho da Silva (Fifa-GO) e Clovis Amaral da Silva (PE)
Árbitro de vídeo: Rodrigo Nunes de Sá (Fifa-RJ)

Leia também


Participe dos canais do Itatiaia Esporte:

Nuno Krause é correspondente da Itatiaia na região Nordeste. Formado pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), acumula passagens por Bahia Notícias, Jornal A TARDE e Rádio Salvador FM. Atua no jornalismo esportivo desde 2019.
Leia mais