Ouvindo...

Times

‘Tchau, Ronaldo': torcida do Cruzeiro exibe faixa antes de jogo no Mineirão

Pedro Lourenço assinará compra de 90% das ações da SAF celeste por cerca de R$ 600 milhões

Torcedores do Cruzeiro estamparam uma faixa com os dizeres “Tchau, Ronaldo” antes do duelo contra o Vitória, neste domingo (28), no Mineirão.

Para comprar 90% das ações da Sociedade Anônima do Futebol (SAF) do Cruzeiro, Pedro Lourenço desembolsará cerca de R$ 600 milhões a Ronaldo. Ele vai adquirir 90% das ações da SAF. O pagamento será feito da seguinte forma:

  • R$ 100 milhões aportados em março de 2023 serão convertidos em 20% das ações
  • R$ 150 milhões à vista
  • R$ 350 milhões parcelados por 10 anos

A ideia de Pedro Lourenço é ter Alexandre Mattos, hoje no América, como executivo de futebol. Administrativamente, o empresário quer manter o atual CEO, Gabriel Lima, na Toca da Raposa II. Ele receberá um convite mesmo após a saída de Ronaldo, de quem é sócio em outros negócios.

Ronaldo comprou 90% das ações da SAF do Cruzeiro no início de 2022. Sob sua gestão, o clube subiu da Série B para a elite do futebol brasileiro naquele ano.

Do ponto de vista financeiro, Ronaldo assumiu o compromisso de investir R$ 50 milhões na assinatura do acordo e R$ 350 milhões nos cinco anos seguintes por aporte de capital e/ou receitas incrementais acima da média apurada de 2017 a 2021 (em torno de R$ 220 milhões).

Nesse período de gestão, o SAF gerida pelo Fenômeno jamais atualizou para a torcida o valor de aportes ou incrementos.

O balanço financeiro da SAF no exercício 2022 - o primeiro da gestão de Ronaldo - mostrou que o faturamento bruto da empresa foi de R$ 150,35 milhões, abaixo da média do clube entre 2017 e 2021 (em torno de R$ 220 milhões). Já o balanço financeiro de 2023 precisa ser divulgado pela SAF até o dia 30 de abril

Leia também


Participe dos canais do Itatiaia Esporte:

Portal de esportes da Itatiaia
Leia mais