Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Cruzeiro: Lucas Romero explica motivo da saída do goleiro Rafael Cabral

Meio-campista do Cruzeiro fez elogios a Rafael Cabral e lamentou iminente saída do goleiro

O volante Lucas Romero, um dos jogadores mais importantes do atual elenco do Cruzeiro, não se esquivou de falar sobre a polêmica envolvendo o goleiro Rafael Cabral.

Romero analisou a situação envolvendo o camisa 1 e o futuro do quase ex-companheiros de clube, que negocia com outra equipe.

“Isso é o futebol. Tem hora que chega uma proposta melhor para nós, temos que analisar, falar com a família. Para nós foi um golpe duro, porque o Rafael (Cabral) é um jogador importante para nós, uma liderança do nosso elenco”, comentou o meio-campista.

Rafael Cabral fez com os demais jogadores toda a preparação para a estreia do Cruzeiro no Campeonato Brasileiro. O goleiro treinou na Toca II e seria titular contra o Botafogo, no último domingo, no Mineirão.

Segundo apuração da Itatiaia, Rafael Cabral, por vontade própria, pediu para deixar a concentração e avisou aos dirigentes do clube sobre o interesse em deixar o clube.

“Desejamos o melhor para ele (Rafael Cabral). Acho que não tem nada fechado, mas é um jogador muito importante. No futebol isso faz parte, hoje joga no Cruzeiro, amanhã chega uma proposta melhor para ele e para a família. Ele aproveita a oportunidade e pode sair”, disse.

Vaias motivaram saída?

Um dos líderes do elenco, Rafael Cabral foi um dos principais alvos dos torcedores do Cruzeiro. O goleiro foi vaiado e xingado por parte da torcida nos últimos compromissos, contra o Atlético (final do Campeonato Mineiro), e contra o Alianza-COL (na Copa Sul-Americana).

Para Romero, as críticas e vaias não seriam motivo para a saída do goleiro.

“Não (vaias seriam motivo para ele deixar o clube), aqui todo mundo é profissional, jogador de futebol. Um jogador experiente como o Rafael e muitos como estão aqui também, sabem lidar com isso, com a pressão da torcida. Muitas das vezes injustas, porque trabalhamos muito, nos esforçamos muito para dar o melhor em campo. A gente lida com isso durante todos os dias, estamos acostumados”, opinou.

Torcedor na bronca com Rafael Cabral

A cobrança do torcedor em relação ao goleiro aconteceu após a perda do título mineiro para o Atlético. E ficou acentuada com a falha cometida por Cabral no empate em 3 a 3 com o Alianza-COL, na segunda rodada do Grupo B, na Copa Sul-Americana.

Rafael Cabral admitiu que errou no gol de Batalla para os colombianos, o que deixou o marcador em 3 a 2, naquela ocasião, no Mineirão.

“Acho que, desde quando cheguei, vivi momentos de críticas e momentos de elogios. E nunca me apeguei a isso. Quando me ovacionaram, eu era o mesmo… Quando me criticam, me vaiam, eu sou o mesmo. O que eu não quero é prejudicar a equipe. Se a minha presença prejudicar a equipe, eu vou ser o primeiro a pedir para sair”, respondeu Rafael Cabral.

Leia também


Participe dos canais do Itatiaia Esporte:

Guilherme Piu é jornalista esportivo com experiência multiplataforma: digital, revista, rádio e TV. Tem dois livros publicados e foi premiado em festivais de cinema no Brasil e no exterior, dentre eles o Cinefoot. Cobriu grandes eventos, como Copa do Mundo, Olimpíada, Copa América e torneios de futebol. Passou por Hoje em Dia, Uol e Revista Placar.
Leia mais