Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Supercopa: Byanca Brasil exalta Cruzeiro e Ronaldo após vice-campeonato

Camisa 10 do Cruzeiro destaca a valorização do futebol feminino na gestão de Ronaldo Fenômeno no clube celeste

Neste domingo (18), o Cruzeiro lutou pelo título da Supercopa Feminina, mas foi superado pelo potente Corinthians pelo placar de 1 a 0, na Neo Química Arena. Apesar da derrota, o resultado não é visto como negativo para as Cabulosas, que chegaram à final do torneio pela primeira vez.

Após a partida, a atacante Byanca Brasil, destaque do Cruzeiro, ressaltou a caminhada que o clube celeste tem feito para alcançar a afirmação no cenário nacional da modalidade. “Espero que essa visibilidade toda seja um passo a mais no futebol feminino. A gente sabe a estrutura que a gente tem e quero agradecer a Gerdau por tudo que eles fizeram por nós. A gente teve passagem de avião por conta deles, somos muito gratas por isso”, disse em entrevista à TV Globo.

O Cruzeiro teve dois gols anulados na partida. O primeiro, aos seis minutos do primeiro tempo, em contragolpe puxado por Byanca Brasil, teve impedimento marcado no início do lance. Já o segundo gol, nos minutos finais da partida, foi mais um golaço da camisa 10 do Cruzeiro, no entanto anulado por toque no braço da jogadora cruzeirense.

“Queria muito ter feito o gol, queria muito esse título, mas acho que mais do que título, é o que o Cruzeiro está construindo não só para o Cruzeiro, mas pelo futebol feminino, que sirva de exemplo. O que o Cruzeiro está fazendo, o que a SAF está fazendo, a oportunidade que o Ronaldo está nos dando. Estou feliz demais pela torcida estar aqui. É do adversário? É do adversário, mas sonho um dia ter a do Cruzeiro, ter a de todo mundo junto, todos em prol do futebol feminino. Quero agradecer muito e dizer, o futebol feminino não é um favor, a Portilho foi muito feliz quando falou isso, que tenha mais visibilidade, mais apoio de verdade. A gente não está pedindo, a gente merece isso”, completou.

Cabulosas em ascensão

Com a chegada da Sociedade Anônima do Futebol (SAF) para administrar o departamento de futebol celeste, as Cabulosas ganharam um projeto esportivo mais sólido e que as colocam como fundamentais para o crescimento do Cruzeiro.

Em 2022, com a direção de Ronaldo Fenômeno, o Cruzeiro Feminino deu o primeiro passo de consolidação no cenário nacional ao conquistar a permanência na elite do Brasileirão. Já na temporada passada, o time celeste foi a primeira equipe mineira a chegar às quartas de final do Campeonato Brasileiro. O ano de 2023 foi finalizado com a conquista do bicampeonato do Mineiro. Anteriormente foram campeãs apenas em 2019.

Leia também

Participe do canal da Itatiaia no Whatsapp e receba as principais notícias do dia direto no seu celular. Clique aqui e se inscreva.

Ana Luiza Pereira é jornalista em formação pela PUC Minas. Com passagens por TV Horizonte, Rádio Inconfidência e Rede Minas, dedica-se à cobertura esportiva e integra o time do Itatiaia Esporte.
Leia mais