Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Diretoria do Cruzeiro estuda empréstimos de atacantes Wesley e Paulo Vitor

Jogadores não renderam o esperado na temporada 2023 e devem se transferir para outras equipes

Wesley e Paulo Vitor, do Cruzeiro

Wesley e Paulo Vitor foram bastante contestados pela torcida do Cruzeiro em 2023

Montagem sobre fotos de Staff Images/Cruzeiro

A diretoria do Cruzeiro segue com o planejamento para 2024. Além da busca pelo novo treinador, os dirigentes trabalham também para fortalecer o elenco que ficará à disposição no ano que vem. Nem só chegadas acontecerão, saídas estão previstas. Dentre essas, a de dois atacantes: Wesley e Paulo Vitor.

Dois dos mais contestados pelos torcedores em 2023, Wesley e Paulo Vitor devem ser emprestados para outros clubes no ano que vem. A intenção da diretoria é encontrar um novo destino para a dupla, que deixou a desejar nesta temporada.

Wesley ficou marcado por ter perdido “gols feitos” no Campeonato Brasileiro de 2023. O jogador perdeu ao menos sete chances claras e que poderiam ter mudado o resultado de jogos importantes a favor do Cruzeiro.

Após a derrota por 1 a 0 para o São Paulo, na 31ª rodada do Brasileirão, Wesley admitiu que faltou pontaria à equipe, mas ele se complicou na resposta.

"Às vezes a pontaria não está boa, que é quase sempre. Vamos trabalhar para reverter mais rápido possível essa situação, que o Cruzeiro não merece estar nessa situação”, disse o atacante.

Histórico de Wesley

Wesley foi uma das contratações mais caras do Cruzeiro na temporada. O jogador custou aos cofres do clube cerca de 3 milhões de euros (R$ 16 milhões na cotação de época). O atacante pertencia ao Palmeiras, que vendeu 50% dos direitos econômicos em dezembro de 2022.

Wesley entrou em campo 41 vezes neste ano e marcou quatro gols. O contrato do atacante com o Cruzeiro é válido até dezembro de 2026.

Aposta que não deu certo

O atacante Paulo Vitor teve passagem apagada pelo Cruzeiro em 2023. Velho conhecido de Ronaldo, gestor da Sociedade Anônima do Futebol (SAF) celeste, o jogador defendeu o time B do Real Valladolid, da Espanha, entre 2020 e 2022.

Paulo Vitor chegou para compor o elenco e tem contrato até junho de 2025. Neste ano, fez oito jogos e não marcou gols.

Veja histórico de gols de Paulo Vitor, ano a ano, na carreira

  • Vasco (2017) - 13 jogos, um gol e nenhuma assistência
  • Vasco (2018) - 13 jogos, nenhum gol e nenhuma assistência
  • Albacete (ESP) e Marbella (ESP) (2018/2019) - cinco jogos, nenhum gol e nenhuma assistência
  • Marbella (ESP) 2019/2020 - 19 jogos, três gols e nenhuma assistência
  • Real Valladolid B (ESP) (2020/2021) - 17 jogos, um gol e nenhuma assistência
  • Real Valladolid B (ESP) (2021/2022) - 31 jogos, oito gols e nenhuma assistência
  • Rio Ave (POR) 2023 - 29 jogos, um gol e uma assistência
  • Cruzeiro 2023 - oito jogos, nenhum gol e nenhuma assistência
Guilherme Piu é jornalista esportivo com experiência multiplataforma: digital, revista, rádio e TV. Tem dois livros publicados e foi premiado em festivais de cinema no Brasil e no exterior, dentre eles o Cinefoot. Cobriu grandes eventos, como Copa do Mundo, Olimpíada, Copa América e torneios de futebol. Passou por Hoje em Dia, Uol e Revista Placar.
Emerson Pancieri é setorista do Cruzeiro na Rádio Itatiaia, onde atua desde 2016. Graduou-se em Jornalismo pela Newton Paiva, em 2009. Passou também por Transamérica, O Tempo, Band News, Rádio Globo e CBN (onde foi setorista do Cruzeiro de 2012 a 2016 e cobriu o bicampeonato brasileiro 2013 e 2014, além da Copa no Brasil).
Leia mais