Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Em baixa no Cruzeiro, Gilberto volta ao estádio dos melhores números da carreira

Ídolo do Bahia, atacante retorna à Fonte Nova, em Salvador, pelo Campeonato Brasileiro

Contratado para assumir o posto de artilheiro no Cruzeiro, o atacante Gilberto terá reencontros importantes no fim de semana. No sábado (10), às 18h30 (de Brasília), o ídolo do Bahia enfrentará o ex-clube na Fonte Nova, em Salvador, pela 10ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro.

Palco do confronto entre os times de Renato Paiva e Pepa, a Fonte Nova pode ser considerada uma casa de Gilberto. No estádio, o centroavante possui os melhores números na carreira e se transformou em um personagem relevante na história recente do Tricolor.

Em 56 partidas na casa do Bahia, Gilberto balançou as redes em 26 oportunidades, uma média de 0,46 gol por jogo. Na Fonte Nova, ele conquistou 26 vitórias, 19 empates e 11 derrotas.

Gilberto e a idolatria no Bahia

Ao longo de quatro temporadas pelo Bahia (2018 a 2021), Gilberto se consagrou como o 18º maior artilheiro da história do clube, com 83 gols em 189 jogos. Com 14 assistências, obteve participação média de 0,51 gol por partida no Esquadrão de Aço.

Sinônimo de gols no Bahia, Gilberto foi bicampeão baiano (2019 e 2020) e campeão da Copa do Nordeste (2021). Nesse último torneio, inclusive, foi artilheiro de duas edições: em 2019 (nove gols) e 2021 (oito gols).

Gols de Gilberto pelo Bahia

  • Campeonato Brasileiro: 46 gols

  • Copa do Nordeste: 20 gols

  • Copa Sul-Americana: 8 gols

  • Copa do Brasil: 6 gols

  • Campeonato Baiano: 3 gols

  • Total: 83 gols

Gilberto pelo Cruzeiro

Anunciado pelo Cruzeiro em janeiro deste ano, Gilberto ainda busca “emplacar” em Belo Horizonte. No geral, são seis gols marcados em 21 partidas pelo Cruzeiro, uma média de 0,29 gol por jogo. O camisa 21 (ex-camisa 9 no Bahia) tem contrato até o fim de 2024.

Provável titular do Cruzeiro para o duelo no Brasileirão, Gilberto já anotou três gols em cima do Bahia em sua carreira.

Veja lista das maiores vítimas de Gilberto

  • Flamengo: oito gols

  • Atlético e Corinthians: sete gols

  • Vasco: cinco gols

  • Botafogo, Fortaleza e Fluminense: quatro gols

  • América, Bahia e Palmeiras: três gols

  • Athletico-PR, Coritiba, Cruzeiro, Goiás, RB Bragantino e Santos: dois gols

  • Grêmio e São Paulo: um gol

Leonardo Garcia Gimenez é repórter multimídia na Itatiaia. Natural de Arcos-MG e criado em Iguatama-MG. Passou também pela Record Minas.
Leia mais