Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Torcida do Cruzeiro chama time de pipoqueiro e cobra Ronaldo

Sócio majoritário da SAF, Fenômeno passou a ser cobrado nas arquibancadas e chegou a ser insultado por alguns torcedores

A derrota do Cruzeiro para o América, por 2 a 0, no primeiro jogo da semifinal do Campeonato Mineiro, fez mudar o clima amistoso visto no início do clássico na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas. neste sábado (11). Logo depois do segundo gol americano, marcado por Juninho, aos 16 da etapa final, os torcedores cruzeirenses chamaram o time dirigido por Paulo Pezzolano de ‘pipoqueiro’. Sobrou também para Ronaldo.

Leia a crônica do clássico, que deixou o América mais perto da final

Sócio majoritário da SAF, o Fenômeno passou a ser cobrado nas arquibancadas para contratar reforços para a disputa da Série A do Campeonato Brasileiro. “”Ronaldo, queremos jogador”, gritaram os celestes voltados para a cabine.

Na reta final do clássico, Ronaldo chegou a ser xingado por alguns torcedores. Outros cruzeirenses tiraram satisfações com aqueles que insultavam o mandatário.

Ronaldo foi a Sete Lagoas acompanhado do CEO da SAF, Gabriel Lima; do diretor de estratégia Paulo André; do diretor de operações Enrico Ambrogini; do diretor de futebol Pedro Martins; e de Elias, um dos colaboradores do projeto no clube.

O Fenômeno ficou em pé durante todo jogo e mostrou claro incômodo com a irregularidade do Cruzeiro em campo.

O sócio majoritário da SAF começou a ser cobrado pelos torcedores nas redes sociais ao longo da primeira fase do Campeonato Mineiro. Em lives semanais, Ronaldo vem sendo constantemente abordado para reforçar o grupo de Pezzolano.

Apesar dos pedidos, Ronaldo adiantou, em algumas ocasiões, que o torcedor cruzeirense não deve esperar grandes contratações para o Brasileirão. Recentemente, ele vendeu debêntures para o empresário Pedro Lourenço, da rede Supermercados BH, mas adiantou que os R$ 70 milhões serão usados para manter a operação da Sociedade Anônima do Futebol.

Leonardo Garcia Gimenez é repórter multimídia na Itatiaia. Natural de Arcos-MG e criado em Iguatama-MG. Passou também pela Record Minas.
Coordenador do esporte digital da Itatiaia. Construiu sua carreira no jornalismo esportivo digital. Grande experiência como repórter e editor-chefe. Passou por Superesportes, Estado de Minas, TV Alterosa, Veja BH, Canal 23 e colaborou com O Jogo (POR), Mundo Deportivo (ESP) e Levante EMV (ESP).
Leia mais