Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Paulistão 2024: candidatos ao título, principais contratações e onde assistir

Competição começa neste sábado (20) e tem término previsto para o dia 7 de abril

O Campeonato Paulista de 2024 começa neste sábado (20) e marca o início da temporada oficial dos clubes do estado de São Paulo. O torneio, que conta com fase de grupos e mata-mata, dura até o dia 7 de abril.

O Paulistão possui um sistema de disputa bastante peculiar, que passou a ser adotado desde 2019. A primeira fase consiste em quatro grupos com quatro equipes cada, sendo que não há duelo interno de cada chave. Ou seja, são 12 rodadas neste primeiro momento, apenas com partidas entre times de grupos diferentes.

No mata-mata, o líder e o vice-líder de cada chave se enfrentam em jogo único, pelas quartas de final. As semifinais também são disputadas em jogo único, deixando a finalíssima como único momento sustentado em ida e volta.

São Bento e Ferroviária, que disputaram a elite ano passado, foram rebaixados e estarão na Série A2 em 2024. As equipes foram substituídas por Ponte Preta e Novorizontino, campeão e vice da Série A2 em 2023.

Os grupos foram sorteados da seguinte forma:

  • Grupo A: Santos, Ituano, Santo André e Portuguesa
  • Grupo B: Palmeiras, Água Santa, Guarani e Ponte Preta
  • Grupo C: Corinthians, Bragantino, Mirassol e Inter de Limeira
  • Grupo D: São Paulo, São Bernardo, Botafogo e Novorizontino

Candidatos ao título

O Palmeiras chega ao Campeonato Paulista como forte favorito a levantar a taça. A equipe comandada por Abel Ferreira vem de três finais consecutivas, sendo dois títulos, em 2022 e 2023.

O Red Bull Bragantino tem a seu favor a manutenção de boa parte do elenco que fez boa campanha no Campeonato Brasileiro de 2023. Entre os nomes mantidos, destaca-se o de Pedro Caixinha, que não se seduziu com sondagens do futebol brasileiro e europeu.

Corinthians e São Paulo vivem momentos parecidos, tentando reencontrar suas rotas. O Timão fez uma reformulação de larga escala em seu elenco, enquanto o Tricolor passou por uma troca no comando técnico - Dorival Júnior deu lugar a Thiago Carpini.

Maiores campeões

  • Corinthians – 30 títulos (1914, 1916, 1922, 1923, 1924, 1928, 1929, 1930, 1937, 1938, 1939, 1941, 1951, 1952, 1954, 1977, 1979, 1982, 1983, 1988, 1995, 1997, 1999, 2001, 2003, 2009, 2013, 2017, 2018 e 2019)
  • Palmeiras – 25 títulos (1920, 1926, 1927, 1932, 1933, 1934, 1936, 1940, 1942, 1944, 1947, 1950, 1959, 1963, 1966, 1972, 1974, 1976, 1993, 1994, 1996, 2008, 2020 e 2022)
  • São Paulo - 22 títulos (1931, 1943, 1945, 1946, 1948, 1949, 1953, 1957, 1970, 1971, 1975, 1980, 1981, 1985, 1987, 1989, 1991, 1992, 1998, 2000, 2005 e 2021)
  • Santos - 22 títulos (1935, 1955, 1956, 1958, 1960, 1961, 1962, 1964, 1965, 1967, 1968, 1969, 1973, 1978, 1984, 2006, 2007, 2010, 2011, 2012, 2015 e 2016)
  • Paulistano - 11 títulos (1905, 1908, 1913, 1916, 1917, 1918, 1919, 1921, 1926, 1927 e 1929)

Objetivo de cada equipe

Abaixo, a Itatiaia traz uma lista com o objetivo, curiosidades e as principais contratações de cada uma das equipes para o Campeonato Paulista de 2024, que começa neste sábado.

Santos (Grupo A)

Reconstrução. Esta é a palavra da vez no Santos após a equipe ser rebaixada para a Série B do Campeonato Brasileiro de 2024 e ficar de fora da Copa do Brasil deste ano.

O Paulistão não pode ser o foco nesta temporada, já que a volta à elite nacional é o objetivo do ano, mas uma boa impressão no Estadual é o que o Peixe busca para ter um bom desempenho na Série B. Indício disso é a campanha no Paulista de 2023, quando o Alvinegro Praiano caiu na primeira fase.

O elenco montado pelo Santos tem como característica a experiência. Ela começa pelo novo técnico, Fábio Carille, e vai até outros nomes conhecidos que foram contratados, como o zagueiro Gil, os laterais Jorge e Aderlan, os meio-campistas Diego Pituca, Giuliano, Rómulo Otero, Juan Cazares e o atacante Willian.

Destaque do Santos no turbulento ano de 2023, o atacante Marcos Leonardo é a principal diferença do elenco. Ele deixou o clube para atuar pelo Benfica, de Portugal.

Ituano (Grupo A)

O Ituano começará a temporada 2024 tentando retomar o bom início de 2023 e não a campanha ruim na Série B do Campeonato Brasileiro, quando terminou na 14ª colocação. Já no último Estadual, o Ituano parou nas semifinais, quando foi eliminado para o campeão Palmeiras.

O treinador Marcinho, no clube desde 2023, foi mantido para 2024. Com isso, o técnico, ex-jogador, mantém seu primeiro trabalho como profissional. O Galo de Itu também vai disputar a Copa do Brasil neste ano.

Portuguesa (Grupo A)

A Portuguesa chega para o Paulistão de 2024 para tentar se manter na elite do futebol estadual. Em longo processo de reformulação, a equipe viu o rebaixamento de perto em 2023 (terminou como 14º, à frente do São Bento nos critérios de desempate) e não quer repetir a dose neste ano.

A Lusa, que não entra em campo desde setembro, quando caiu nas quartas de final da Copa Paulista, espera ter uma campanha mais tranquila em 2024. O time será comandado pelo técnico Dado Cavalcanti e tem como “figurões” do elenco o atacante Henrique Dourado e o meia Giovanni Augusto.

Santo André (Grupo A)

Após um 2023 modesto, o Santo André quer mudar o cenário em 2024. A equipe terminou o Paulistão como 12º e foi eliminada nas fases de grupos da Série D do Campeonato Brasileiro e da Copa Paulista no ano passado. Com isso, o time não entra em campo por um jogo oficial desde setembro.

Em novembro, já como preparação para 2024, foi definido um novo técnico: Fernando Marchiori. Os laterais Júnior Caiçara e Edimar são nomes conhecidos do elenco do Ramalhão para este Paulista.

Palmeiras (Grupo B)

O Palmeiras desponta, mais uma vez, como um dos favoritos para a disputa do Paulistão em 2024. A equipe manteve boa parte da base do último ano e trouxe reforços pontuais. O volante Aníbal Moreno, o lateral Caio Paulista e o atacante Bruno Rodrigues são os reforços confirmados. A equipe será, mais uma vez, comandada pelo técnico português Abel Ferreira, de contrato renovado até 2025.

O Paulistão marca o início de um ano puxado para o Palmeiras. O time disputará a Supercopa do Brasil (4 de fevereiro), Copa Libertadores, Campeonato Brasileiro e Copa do Brasil. Abel não deu pistas, mas o início da competição estadual pode ser com um time misto.

Além dos reforços anunciados, o Palmeiras confia na base dos últimos anos, que foi mantida. Jogadores como Rony, Zé Rafael, Weverton, Gustavo Gómez, Mayke e Murilo seguem no plantel alviverde.

Em entrevista coletiva no último dia 16, a presidente do clube, Leila Pereira, comentou sobre possíveis reforços. A mandatária destacou que o Palmeiras “sempre estará atento ao mercado” para reforçar o time.

Água Santa (Grupo B)

O Água Santa, atual vice-campeão paulista, manteve 13 nomes da equipe da última disputa. O time está em pré-temporada desde o último dia 15 de dezembro, realizando atividades de preparação para o Campeonato Paulista.

O time não terá o retorno do técnico Thiago Carpini, agora comandante do São Paulo. O experiente Bruno Pivetti foi escolhido para assumir a função do comando técnico.

A grande contratação da equipe é o atacante Jael. O experiente atacante de 35 anos estava livre no mercado e acertou contrato com o Netuno. Outros destaques são o goleiro Matheus Cavichioli (ex-América), Neilton (ex-Santos) e o zagueiro Roger Carvalho (ex-Palmeiras.

O time, além do Campeonato Paulista, disputará a Série D e a Copa do Brasil.

Guarani (Grupo B)

O Guarani tentará, em 2024, ter um papel mais protagonista do que a atuação no último Campeonato Paulista. O time terminou 2023 com apenas 14 pontos em 12 jogos realizados e parou na primeira fase do torneio.

O time, comandado por Umberto Louzer, terá algumas novidades em campo para a disputa deste ano. O meia Camacho, ex-Santos e Corinthians, o zagueiro Pedro Henrique, além do goleiro Vladmir, ex-Santos, são alguns dos reforços para as competições do ano.

O Bugre tentará, além de melhorar a campanha no Paulistão, disputará a Série B do Brasileirão.

Ponte Preta (Grupo B)

A Ponte Preta está de volta ao nível mais alto do Campeonato Paulista. A Macaca disputou a Série A2 em 2023. A equipe retornou à elite com o título da competição.

João Brigatti, coordenador técnico da equipe na última temporada, será o treinador do time. A equipe disputará, além do Paulistão, a Série B do Campeonato Brasileiro.

A principal referência da equipe será o experiente meia Élvis, de 33 anos. A equipe buscou mesclar jogadores experientes com alguns mais jovens. A ideia é, a princípio, se manter na elite do estadual.

Corinthians (Grupo C)

O Corinthians chega ao Campeonato Paulista sob sentimento de incerteza de seu torcedor. Apesar de ter mantido Mano Menezes como treinador da equipe principal, o elenco alvinegro passou por uma reformulação em larga escala, com sete chegadas e sete saídas.

Durante a pré-temporada, o Timão foi bem nos testes que realizou no CT Joaquim Grava, ainda que contra equipes de menor expressão. Foram duas goleadas por 4 a 0 nos jogos-treino contra São Caetano e União São João, que disputam a Série A3 do Campeonato Paulista.

Para a estreia, o Timão deve ter dois reforços entre os titulares: Hugo e Raniele. Diego Palacios deve ser novidade no banco, enquanto os demais ainda aguardam registro no sistema da CBF para estarem aptos à estreia.

O Timão enfrenta o Guarani às 18h (de Brasília) deste domingo (21).

Red Bull Bragantino (Grupo C)

O Red Bull Bragantino vê o Campeonato Paulista como a oportunidade de dar o primeiro “salto” do projeto do clube. Mesmo com alto investimento, e boas campanhas nos demais torneios, o Massa-Bruta ainda não conseguiu construir chances reais de título paulista desde 2020.

Pesa a favor, nesta temporada, a manutenção na comissão técnica e na base do elenco. Ainda não há nenhuma saída anunciada, enquanto o único reforço certo é Nathan Mendes, contratado junto ao São Paulo.

Pedro Caixinha não deve promover grandes trocas, portanto, no time para começar a temporada. Um provável Braga tem Cleiton; Andres Hurtado, Lucas Cunha (Léo Ortiz), Léo Realpe e Juninho Capixaba; Jadsom, Matheus Fernandes e Lucas Evangelista; Helinho, Mosquera (Vitinho) e Eduardo Sasha.

Mirassol (Grupo C)

O Mirassol se consolidou como a principal força do interior paulista nas últimas edições do Estadual. O projeto de crescimento do clube resultou em boas campanhas no Paulistão e na inédita subida à Série B do Campeonato Brasileiro.

O técnico Mozart teve o contrato renovado e comandará a equipe no Campeonato Paulista. A expectativa interna é da equipe correr por fora na disputa com Corinthians e Bragantino, visando chegar ao menos nas quartas de final.

A equipe do interior paulista aposta em alguns nomes experientes para fazer um bom campeonato: os goleiros Alex Muralha e Vanderlei; o zagueiro Wanderson e o atacante Delatorre.

Inter de Limeira (Grupo C)

Após brigar contra o rebaixamento na edição 2023 do Campeonato Paulista, a Inter de Limeira aposta em um elenco diferente para sobreviver neste ano. A equipe manteve a base da disputa da Série D do Brasileirão e ainda anunciou novos reforços.

Entre os nomes mais conhecidos do novo elenco do Leão estão o goleiro Max Walef (ex-Fortaleza), o lateral Felipe Albuquerque (ex-Grêmio), o zagueiro Matheus Mancini (ex-Atlético-MG), o volante Gustavo Bochecha (ex-Botafogo) e o meia Fernando Canesin (ex-Cruzeiro).

São Paulo (Grupo D)

O São Paulo disputará o Campeonato Paulista em busca de afirmação. A equipe perdeu, durante a preparação para o Paulistão, o técnico Dorival Júnior. Thiago Carpini foi escolhido como substituto.

Carpini, de 39 anos, comandará a última atividade do São Paulo antes da estreia nesta sexta-feira (19). Os reforços Ferreira, Erick, Bobadilla e Luiz Gustavo participaram normalmente das atividades ao longo da semana.

A principal ausência no elenco é o zagueiro Beraldo, negociado com o PSG-FRA. As outras saídas foram de jogadores que pouco integraram o time titular do São Paulo ao longo da última temporada.

Em 2023, o São Paulo parou nas quartas de final, na sensação Água Santa. A ideia do clube é voltar a disputar o título paulista, como em 2022, que terminou com o título da competição.

Botafogo (Grupo D)

O Botafogo-SP chega para a disputa do Paulistão em busca de, ao menos, repetir o desempenho da última temporada. A equipe de Ribeirão Preto chegou às quartas de final da competição.

A equipe será comandada por um estrangeiro em 2024. O português Paulo Gomes, de 48 anos, inicia a temporada como treinador da Pantera. O Botafogo, além do estadual, disputa a Série B do Brasileirão e Copa do Brasil.

O time tem alguns jogadores rodados pelo futebol brasileiro. O goleiro Michael Fracaro (ex-Atlético), o lateral Patrick Brey (ex-Cruzeiro) e o atacante Leandro Pereira (ex-Palmeiras). Há também outros dois velhos conhecidos da torcida mineira: Matheus Barbosa (ex-Cruzeiro) e Fillipe Soutto (ex-Atlético).

Novorizontino (Grupo D)

O Grêmio Novorizontino inicia a temporada tentando se manter em alto nível depois de bater na trave pelo acesso à Série A do Campeonato Brasileior de 2024, ao terminar a Segunda Divisão de 2023 como quinto colocado. Para isso, o clube manteve o treinador Eduardo Baptista e fez algumas contratações.

O zagueiro Rafael Donato, o lateral-esquerdo Danilo Barcelos, o volante Willian Farias e o atacante Waguininho foram algumas delas. Contudo, o clube também teve perdas, como o zagueiro Adriano Martins, reforço do Atlético-GO.

Em 2023, o Novorizontino não disputou o Paulistão e garantiu vaga na edição deste ano após ser vice-campeão da Série A2. Na ocasião, a equipe de Eduardo Baptista foi batida pela Ponte Preta na decisão estadual.

São Bernardo (Grupo D)

Campeão do interior de São Paulo em 2023 e na Série C do Campeonato Brasileiro depois de perder, nos critérios de desempate, o acesso à Segunda Divisão de 2024, o São Bernardo tentará manter a competitividade para este ano e sonha mais alto.

Os objetivos passam pelas mãos de Márcio Zanardi. O técnico está no clube desde 2021 e seguirá à frente do Tigre do ABC para o Estadual.

Além do Paulista e da Série C, o São Bernardo terá pela frente a Copa do Brasil em 2024. Em 2023, o time caiu nas quartas de final do Paulistão e foi o terceiro colocado do Grupo B da Terceira Divisão - os dois primeiros subiram.

Vaga na Copa do Brasil

O Campeonato Paulista é o meio mais prático para as equipes se garantirem na Copa do Brasil de 2025. A Federação Paulista de Futebol estabeleceu que as cinco melhores campanhas do torneio, considerando grupos e mata-mata, asseguram vaga na copa nacional.

Transmissão

O Paulistão conta com diversos meios de transmissão, abrangendo televisão aberta, fechada, pay per view e streaming.

A TV Record, na aberta, exibe dois jogos na semana, sendo um às 21h35 (de Brasília) de quarta-feira e outro às 18h dos domingos. A TNT Sports possui direito a 28 partidas do Paulistão, garantindo exclusividade em 13. Estes jogos serão divididos entre o canal fechado de televisão e o HBO Max no streaming.

O canal de YouTube, CazéTV, que pertence ao influenciador Casimiro, irá transmitir 16 confrontos da competição, sendo em um jogo por rodada da fase de grupos, um de quartas de finais, um pela semifinal e os dois jogos da decisão.

Leia também

Participe do canal da Itatiaia no Whatsapp e receba as principais notícias do dia direto no seu celular. Clique aqui e se inscreva.

Jornalista formado pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. Responsável por acompanhar o dia a dia de Corinthians e Santos pela Itatiaia Esporte. Passagem também como repórter do portal Meu Timão
Leonardo Parrela é repórter multimídia na área de esportes na Itatiaia. É formado em Jornalismo pela PUC Minas. Antes da Itatiaia, colaborou com Globo Esporte, UOL Esporte e Hoje Em Dia, onde cobriu Copa do Mundo, Olimpíada e grandes eventos.
Matheus Muratori é jornalista multimídia com experiência em muitas editorias, mas ama a área esportiva. Faz cobertura de futebol, basquete, vôlei, esportes americanos, olímpicos e e-sports. Tem experiência em jornal impresso, portais de notícias, blogs, redes sociais, vídeos e podcasts.
Leia mais