Ouvindo...

Times

Cearenses chegam à sexta final seguida da Copa do Nordeste; veja confrontos

Fortaleza venceu o Sport por 4 a 1, neste domingo (26), e vai enfrentar o CRB de Alagoas na decisão, em duas partidas; Leão foi campeão em 2019 e 2022

A classificação do Fortaleza para a final da Copa do Nordeste, ao golear o Sport por 4 a 1 neste domingo (26), na Arena de Pernambuco, colocou um clube cearense na decisão do regional pelo sexto ano seguido. O rival será o CRB, de Alagoas, que passou pelo Bahia nas cobranças de pênaltis.

A data base para essas partidas é 5 de junho para o confronto de ida, na Arena Castelão, em Fortaleza, e 9 de junho para a finalíssima no Estádio Rei Pelé, em Maceió. A diretoria de competições da CBF (Confederação Brasileira de Futebol) ainda vai confirmar essas datas e os horários.

Desde 2019, Fortaleza ou Ceará sempre estão na decisão da Copa do Nordeste. E foram quatro vitórias, duas com cada time, e uma derrota do Ceará para o Bahia em 2021.

Veja os confrontos (em negrito quem foi campeão):

2019 - Fortaleza 2 x 0 Botafogo-PB (no agregado)
2020 - Ceará 4 x 1 Bahia (no agregado)
2021 - Ceará 2 (2) x (4) 2 Bahia (empate no agregado, título decidido nos pênaltis)
2022 - Fortaleza 2 x 1 Sport (no agregado)
2023 - Ceará 2 (4) x (2) 2 Sport (empate no agregado, título decidido nos pênaltis)

Somente os times da Bahia tiveram uma sequência maior de finais. Entre as oito edições de 1997 (a primeira organizada pela CBF) e 2010, sempre Bahia ou Vitória, ou ambos, estiveram na final. O Fluminense de Feira também apareceu uma vez. O Nordestão não foi disputado entre 2003 e 2009, retornando em 2010.

O Bahia conquistou dois títulos no período, e o Vitória quatro. Na história, os times baianos são aqueles com mais taças. O Fortaleza busca sua terceira conquista, e o CRB a primeira do clube e de Alagoas:

  • Bahia: 4 títulos
  • Vitória: 4
  • Ceará: 3
  • Sport: 3
  • Fortaleza: 2
  • Campinense (PB): 1
  • Santa Cruz: 1
  • América (RN): 1
  • Sampaio Corrêa (MA): 1
Leia também


Participe dos canais do Itatiaia Esporte:

Formado em jornalismo pela PUC-Campinas em 2000, trabalhou como repórter e editor no Diário Lance, como repórter no GE.com, Jornal da Tarde (Estadão), Portal IG, como repórter e colunista (Painel FC) na Folha de S. Paulo e manteve uma coluna no portal UOL. Cobriu in loco três Copas do Mundo, quatro Copas América, uma Olimpíada, Pan-Americano, Copa das Confederações, Mundial de Clubes, Eliminatórias e finais de diversos campeonatos.
Leia mais