Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Ceará recebe Itabaiana e vitória garante classificação na Copa do Nordeste

Em grupo equilibrado, Vozão enfrenta time sergipano, já eliminado, e depende apenas de si para avançar de fase na competição

Quatro pontos separam o líder do sétimo colocado do Grupo A da Copa do Nordeste para a última rodada da primeira fase, nesta quarta-feira (27). Terceiro, com 12 pontos, o Ceará é uma das quatro equipes que depende apenas de si para conseguir a classificação às quartas de final.

Se vencer a Itabaiana-SE, na Arena Castelão, em Fortaleza, o Vozão se garante na próxima fase. O confronto começa às 21h30 (de Brasília).

A depender dos resultados de Sport e CRB, primeiro e segundo colocados ao início da rodada, o clube cearense pode até acabar na liderança, o que daria vantagem no confronto único das quartas de final.

Do Sport, líder do grupo com 14 pontos, ao River, sétimo com dez, todos podem se garantir já que, pelo regulamento do Nordestão, os times da Chave A enfrentam os do B, em oito rodadas, portanto não há ganho e perda de pontuação dentro do próprio grupo.

O Ceará estava em sétimo há duas rodadas, mas as vitórias sobre o Fortaleza, por 1 a 0 no Clássico-Rei, e diante do Treze, pelo mesmo placar, colocaram a equipe de Vágner Mancini em boa condição pela vaga. A Itabaiana é um dos dois times já eliminados da competição, junto com o América-RN.

Como tem no próximo sábado (30) o primeiro jogo da final do Campeonato Cearense, contra o rival Fortaleza, Mancini pode poupar novamente alguns jogadores importantes, como Erick Pulga, destaque do time no ano, com oito gols em 11 jogos. O atacante não foi a Campina Grande enfrentar o Treze no fim de semana.

O provável Ceará tem Richard; Raí Ramos (Rafael Ramos), Matheus Felipe, Ramon e Paulo Victor; Jean Irmer, Recalde e Lucas Mugni; Erick Pulga (Facundo Castro), Facundo Barceló e Janderson.

O jogo terá transmissão pelo canal Nosso Futebol, em pay-per-view na TV fechada.

Leia também

Participe dos canais da Itatiaia Esporte:

Formado em jornalismo pela PUC-Campinas em 2000, trabalhou como repórter e editor no Diário Lance, como repórter no GE.com, Jornal da Tarde (Estadão), Portal IG, como repórter e colunista (Painel FC) na Folha de S. Paulo e manteve uma coluna no portal UOL. Cobriu in loco três Copas do Mundo, quatro Copas América, uma Olimpíada, Pan-Americano, Copa das Confederações, Mundial de Clubes, Eliminatórias e finais de diversos campeonatos.
Leia mais